Na manhã desta terça-feira, 23, o vereador do PDT, Iraguassú Teixeira foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, para ressaltar a importância do serviço Família Acolhedora”, que consiste em cadastrar e capacitar famílias da comunidade para receberem em suas casas, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social, dando-lhes acolhida, amparo, aceitação, amor e a possibilidade de convivência familiar e comunitária.

Iraguassú manifestou orgulho pela execução do serviço, evidenciando que ele é resultado do aprimoramento de um projeto de indicação de sua autoria, aprovado na Casa. O parlamentar também parabenizou o Executivo pela sensibilidade com o tema e destacou os critérios para a família que queira participar do processo.

Requisitos da família que deseja participar do serviço: Ter moradia fixa no município de Fortaleza há mais de um ano; Ter disponibilidade de tempo para oferecer proteção e apoio à criança ou adolescente; Ter idade entre 21 e 65 anos, sem restrição ao sexo ou estado civil; Ser pelo menos 16 anos mais velho que o acolhido; Não ter interesse em adoção; Apresentar concordância de todos os membros da família, maiores de 18 anos, que vivam no lar e Atender às orientações do serviço técnico que acompanha a família.

Eleição Presidencial

Pelo tempo do Grande Expediente, o vereador Iraguassú Teixeira ainda pediu aos eleitores que fizessem uma reflexão sobre a escolha do seu candidato à Presidência da República. O parlamentar fez uma breve análise do processo eleitoral, pontuando que a cultura do ódio é que vai decidir essa eleição.

“Nos preocupa o que está acontecendo no país. Não podemos ser governados pelo ódio, não podemos voltar a época da ditadura. Por isso, conclamo os eleitores que avalie e analise as duas propostas, que escolha e não se omita de votar. A escolha é importante porque nós seremos responsáveis pelo próximo governo”, afirmou o pedetista.

Foto: Érika Fonseca