No tempo do Grande Expediente, nessa terça-feira, 12, o vereador Idalmir Feitosa (PR) fez um clamor por respeito e valorização dos vereadores. Na ocasião, o parlamentar recitou um acróstico que escreveu. Veja abaixo:

Acróstico do Vereador

Verdade de real emanação divina.
Esperanças de realizações de nossas ações.
Respeito cívico para com o cidadão.
Engrandecedor dos princípios éticos e morais.
Altaneiro por sempre bem servir.
Dedicado por saber defender o processo legislativo regular.
Ordeiro no cumprimento dos seus deveres constitucionais.
Racionalizando e legitimando o mandato diante da soberania popular.

Após a leitura do poema, Idalmir discursou sobre o papel dos parlamentares na Câmara Municipal e na sociedade: “o vereador, em nosso entender, é a mais pura célula da soberania popular, porque dentro da classe política, sem nenhum propósito de desmerecer os demais políticos, é ele que mais próximo do povo se encontra para procurar atender os legítimos anseios e necessidades do povo em geral”.