O vereador do PT, Guilherme Sampaio, utilizou o tempo do Pequeno Expediente, na manhã desta quarta-feira, 07, para chamar a atenção dos vereadores em relação à responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza de garantir um amplo debate com a sociedade sobre Plano Diretor.

O parlamentar levantou essa questão, fazendo referência às discussões que foram feitas em torno da proposta do Código da Cidade, aprovado no mês passado na Câmara Municipal. Segundo Guilherme, o Código da Cidade foi aprovado quase que consensualmente, após ouvir todos segmentos e negociado com a base governista e de oposição da Casa.

Guilherme ainda alertou para que a negociação realizada com os vereadores na Câmara Municipal de Fortaleza, durante a aprovação do Código da Cidade, não tenha sido em vão. A fala trata dos vetos ao Código, que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou. Para Guilherme, se acontecer os vetos às emendas negociadas, a Casa tem a responsabilidade de derrubar.

“Não teremos mais espaço de negociar mais nenhuma matéria, quanto mais o Plano Diretor. Quero fazer essa análise depois que tiver acesso aos vetos e as argumentações do Executivo. Espero que seja algo superficial. Ressalvo que o grande saldo da aprovação Código da Cidade foi o diálogo estabelecido entre o Executivo e a Câmara Municipal. Espero que esses consensos não sejam desmoralizados por vetos do Prefeito”, disse o petista.