Em comemoração ao Dia do Profissional de Educação Física, a Câmara Municipal de Fortaleza realizou na tarde desta segunda-feira, 2, no plenário Fausto Arruda, uma sessão solene em prol da data comemorativa. A sessão surgiu a partir de diálogos com estudantes, profissionais da área e integrantes do Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região (CREF 5 – CE). O vereador Benigno Júnior (PSD) foi o propositor da sessão.

Vale relembrar que a data comemorativa, 1 de setembro, foi escolhida para celebrar a categoria por conta do início da vigência da Lei Federal nº 9696/98, que regulamentou a profissão e criou os Conselhos Federal e Regionais de Educação Física. A sessão solene marca os 21 anos de atuação do sistema CONFEF e CREF´S.

O vereador Benigno Júnior falou da satisfação em receber os familiares dos profissionais de Educação Física, o Conselho Regional e estudantes na CMFOR. “Satisfação e reconhecimento a esta profissão que lida com a saúde, com a formação e com o dia a dia. A educação física é de suma importância, pois age como ferramenta de transformação social. Em nossa cidade a atividade física é uma pauta sempre constante”, atentou o vereador.

Mesmo sendo uma data comemorativa, o parlamentar reforçou a luta da classe que, na cidade, aponta uma demanda relevante para o melhor desempenho dos estudantes do Município. Por meio do PLO nº 247/2016, Beningo Júnior solicita a ministração da disciplina de Educação Física por, exclusivamente, profissionais de Educação Física, devidamente habilitados pelo sistema CONFEF/CREF´S. “Uma pauta que estamos sempre na luta é a erradicação do professor polivalente das salas de aula do Município. A nível municipal, não há ainda a exigência de educadores físicos nas escolas e sim de professores polivalentes. A gente acha que estes não tem a capacitação para ministrar essas aulas”, atentou.

Entrevista com o vereador Benigno Júnior

Jorge Henrique Monteiro, presidente do Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região, destacou avanços da categoria. “A classe se profissionalizou de forma marcante com a consolidação de ações tanto na área escolar, como no bacharelado. Hoje somos no Estado do Ceará, mais de 13.500 profissionais registrados trabalhando em escolas, clubes e academias e cabe ao Conselho, como função fundamental, fiscalizar o exercício profissional em todas as áreas para garantir a presença do profissional de educação física junto a sociedade”, relatou Jorge Henrique.

O Conselheiro Federal, Ricardo Catunda, fez um retrospecto sobre a profissão ao longo de mais de 20 anos de atuação. “Há 20 anos a profissão não tinha regulamentação. Era um campo aberto para a intervenção de qualquer pessoa sem formação alguma. Quando houve a regulamentação, ocorreu uma ruptura dessa prática e foi necessário uma remodelação da profissão no que diz respeito a intervenção profissional. Aumentou os cursos superiores, a qualificação de profissionais, a exigência do registro e tudo isso resultou na qualificação e no melhor atendimento a sociedade”, elencou Ricardo que ainda fez o prognóstico que a Educação Física está entre as profissões com a menor possibilidade de perca no mercado de trabalho.

Dia do Profissional de Educação Física

1º de setembro é comemorado em nosso país o dia do profissional de educação física, uma data voltada para a valorização e entendimento das várias modalidades que englobam essa profissão. De acordo com o Conselho Federal de educação física, é reconhecido como profissional de educação física aquele identificado pelas denominações de: professor de educação física, técnico desportivo, treinador esportivo, preparador físico, personal trainner, técnico de esportes; treinador de esportes; preparador físico-corporal; professor de educação corporal; orientador de exercícios corporais; monitor de atividades corporais; motricista e cinesiólogo.

Galeria

Fotos: Evilázio Bezerra.