Assistência da gestão municipal em comunidades no período chuvoso é destaque no plenário

21/02/2024 - Rochelle Nogueira

Os vereadores têm o tempo de até 10 minutos para destacar pautas importantes para os fortalezenses

Durante o Grande Expediente desta quarta-feira, 21, os várias temáticas foram destaque em plenário, dentre elas, a assistência prestada pela Prefeitura de Fortaleza em comunidades da periferia e que tem enfrentado problemas com a quadra chuvosa. A ação foi ressaltada pelo vereador Professor Enilson (Cidadania), que diante do cenário de chuvas na Capital tem acompanhado de perto a situação de algumas áreas da cidade.

Professor Enilson disse que diante do registro da maior chuva na cidade esteve em constante contato com órgãos da Prefeitura de Fortaleza. “Ao saber das fortes chuvas liguei imediatamente para saber como estava o Parque Presidente Vargas, o Bom Jardim, a Barra do Ceará. Entrei em contato e a Prefeitura chegou junto com seus órgãos, como a Defesa Civil, Guarda Municipal, Secretaria de Saúde. Quero parabenizar a gestão municipal pelas ações”, comentou.

O vereador Ronivaldo falou sobre a expectativa dos servidores em reunião com a gestão municipal no próximo dia 27. O parlamentar destaca que o momento será de um entendimento entre as partes, haja vista o Sindicato dos Servidores Públicos de Fortaleza compilou as pautas passando de 14 itens para 4. “A pauta trata sobre reajuste salarial, aumento do valor do auxílio refeição, cronograma para reestruturação dos PCC´s, tendo como prioridade os planos da Guarda Municipal, Defesa Civil, AMC e da gestão pública que já deveria ter sido revisto ano passado”.

A vereadora Adriana Nossa Cara (PSOL) falou da diminuição de estudantes matriculados no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Fortaleza. “Atualmente, dados de janeiro de 2024, nós temos 4.782 pessoas inscritas na EJA. Em 2011, as matrículas contavam com 16.729 pessoas e no ano passado, 2023, iniciaram o ano 6.396 pessoas”, alertou.

A vereadora Professora Adriana Almeida (PT) iniciou o seu pronunciamento apresentando algumas demandas que devem ser solucionas pela gestão municipal nas áreas do Carlito Pamplona e Siqueira. A parlamentar falou ainda do números de pessoas aguardando por cirurgias eletivas realizadas pelo Governo do Estado, sendo menor do que apresentado pelo vereador Lúcio Bruno na sessão dessa terça-feira (20).

Foto: Érika Fonseca