Legado de Dom Helder Câmara na defesa dos direitos humanos é lembrado no Legislativo

07/02/2024 - Adriana Albuquerque

Utilizaram a tribuna as vereadoras Adriana Nossa Cara, Priscila Costa, Estrela Barros e o vereador PPCell.

Liderança religiosa marcante na defesa dos direitos humanos no Brasil, principalmente durante a Ditadura Militar, Dom Helder Câmara teve o seu trabalho lembrado pela vereadora Adriana Nossa Cara (PSOL), durante a sessão plenária desta quarta-feira, 7. A parlamentar falou sobre o trabalho desenvolvido em defesa dos pobres, sendo o propositor do Pacto das Catacumbas, que direcionava as ações da igreja para a população em vulnerabilidade.

Adriana Nossa Cara reforçou a atuação de Dom Helder Câmara na afirmação dos direitos do povo e na busca constante pela efetivação de ações por parte do governo e da igreja no combate a pobreza. Citando a criação das Comunidades Eclesiais de Base (Cebs), a parlamentar celebrou a representatividade de Dom Helder Câmara na causa dos direitos humanos.

Pela liderança do Executivo, o vereador PPCell (PSD) destacou as ações do prefeito José Sarto (PDT) na área da educação, saúde e infraestrutura, dentre outras. O parlamentar evidenciou entregas de novos equipamentos, dentre eles postos de saúde, Centros de Educação Infantil, Escolas de Tempo Integral, superando as metas estabelecidas no programa de governo. O parlamentar evidenciou a reforma de 96 postos, construção de 18 novas unidades de saúde, programa de entrega de medicamentos em domicilio. “Nada é tão bom que não possa melhorar, como o Estado também tem que melhorar a saúde. O prefeito Sarto está buscando melhorar e facilitar a vida do cidadão fortalezense. Está fazendo um grande trabalho”, ressaltou.

A vereadora Estrela Barros (Rede), utilizando a tribuna durante o Grande Expediente, cobrou a efetivação de políticas da gestão municipal na área da saúde. Segundo a parlamentar, a população tem gerado demandas relacionada a falta de medicação nas unidades de saúde e que é um serviço básico. Em relação a educação, a parlamentar falou sobre o desgaste que a paralisação dos professores vem gerando nas famílias dos alunos.

A vereadora Priscila Costa, pela liderança do PL, pediu esclarecimentos ao Governo do Estado sobre uma exposição na Pinacoteca com obras, que segundo a parlamentar, tem conteúdo não indicado para crianças. Priscila relata que tem recebido denuncias de pais em que os filhos participaram de excursões e que tiveram acesso às obras.

Foto: Érika Fonseca