Legislativo debate Planos de Cargos e Carreiras dos servidores municipais

02/02/2024 - Ana Clara Cabral

O presidente Gardel Rolim irá mediar uma audiência com representantes sindicais e o prefeito José Sarto.

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, na manhã desta sexta-feira (2), audiência pública para discutir os Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para os servidores municipais. O debate, proposto pelo presidente da Casa, vereador Gardel Rolim (PDT), por meio do requerimento nº 5751/2023, enfatizou a importância do PCCS no incentivo do exercício profissional e na prestação de serviço à população.

O evento, que ocorreu no auditório Auditório Ademar Arruda, contou com a presença do presidente do Legislativo Municipal, Gardel Rolim (PDT), além dos vereadores Carlos Mesquita (PDT), Gabriel Aguiar (PSOL), Ana Paula (PDT), Professora Adriana Almeida (PT), e dos representantes de sindicatos e sociedade civil organizada.

Na ocasião, o vereador Gardel Rolim (PDT) afirmou: “o serviço público só existe com o servidor público. A gente entende muito bem isso. Esse servidor que presta serviço para a população de Fortaleza precisa ter o seu Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PPCS) bem estabelecido, negociado, de maneira que ele possa ter uma perspectiva de longo prazo e progredir na carreira. O PCCS está desatualizado. Nós pedimos essa audiência pública para discutir o assunto e entender quais são as reivindicações dos servidores”.

“A Câmara tem essa responsabilidade de mediação. As portas da Câmara Municipal estão sempre abertas aos servidores, aos sindicatos, para dialogar e ouvir. Nós vamos fazer isso com muita tranquilidade, humildade e respeito aos servidores”, garantiu o parlamentar. Ao final do evento, o presidente se comprometeu em levar as demandas para o prefeito e agendar uma audiência.

O líder da oposição, vereador Gabriel Aguiar (Psol), também enfatizou o papel do PCCS na garantia de direitos, sendo a principal ferramenta de organização da carreira dos servidores públicos. “Esse encontro busca garantir que os PCCS’s cheguem de imediato na Câmara, além de um plano de ação para todas as categorias de servidores públicos. Teremos um bom diálogo nessa direção. Estamos aqui com a presença marcante de vários sindicatos, que são as categorias organizadas na busca pelos seus direitos de forma justa, como a gente espera na democracia”, acrescentou o vereador.

Nacélia Silva, presidente do Sindfort, falou sobre a relevância do debate para servidores municipais: “é fundamental essa audiência. A grande maioria dos PCCS foram implementados em 2007 ou 2008. Estão há 16 ou 17 anos sem nenhuma atualização. Precisamos assegurar o desenvolvimento da carreira com progressão ou promoção”.

A sindicalista ainda completou: “os servidores esperam que o presidente Gardel Rolim (PDT) possa trazer uma agenda em que o prefeito de Fortaleza receba as 24 entidades sindicais desse fórum. Nós estamos aqui pelo reajuste salarial e pelo PCCS já”.

Foto: JL Rosa