Moradores e comerciantes de cinco bairros já podem solicitar coleta seletiva de materiais recicláveis

08/09/2022 - Câmara Municipal de Fortaleza

A previsão é que em um período de um ano sejam coletadas 350 toneladas de resíduos.

Os moradores e comerciantes dos bairros Praia de Iracema, Meireles, Mucuripe, Varjota e Centro já podem solicitar o serviço de coleta seletiva realizado pela Prefeitura de Fortaleza, o Re-ciclo, que funciona através de uma plataforma gratuita e traz o primeiro modelo de inovação aberta do País para a coleta de recicláveis. Essa etapa do Re-ciclo terá duração de 12 meses. A participação é gratuita e o material coletado é disponibilizado para associações parceiras de catadores de materiais recicláveis. O projeto, é realizado pela Prefeitura em conjunto com a SOLOS e o iFood.

O material é retirado com triciclos elétricos, com baixa pegada de carbono. Podem ser coletados os seguintes materiais: papel, papelão, livros, revistas, jornais, plástico duro (potes de shampoo e outros), tubos de PVC, conexões e sandálias plásticas, sacolas e embalagem de arroz, feijão, etc, garrafas de água e refrigerante. Potes de vidro, embalagens de alimentos em conserva como azeitona e palmito, garrafas, embalagens de bebidas como vinho e long necks, azeite e molhos, ferro, latas de alimentos, panelas, aço inox, chumbo, bronze, alumínio, geladeira, fogão, micro-ondas, máquina de lavar, óleo vegetal guardado em garrafa PET, isopor, longa vida (caixas de leite, creme de leite e outros)

O cidadão pode se inscrever no programa pelo site https://www.reciclofortaleza.com.br/, realizando um simples cadastro. O agendamento é feito semanalmente, pois são montadas rotas para que a coleta seja feita de porta em porta. Tudo que é coletado é encaminhado para o ecoponto vinculado ao projeto Re-ciclo e depois direcionado para as associações de catadores parceiras, a Moura Brasil e a ASCA-ROSA, que direcionam o material para as indústrias recicladoras, virando novos produtos.

A previsão é que em um período de um ano sejam coletadas 350 toneladas de resíduos e ocorra uma geração de renda estimada em R$ 370 mil para os catadores associados, proporcionando uma renda fixa de R$ 1.100 por mês para cada catador, além dos valores recebidos pela venda dos resíduos. Segundo a Prefeitura, a intenção é ampliar o projeto para todos os bairros da cidade, atingindo uma taxa de reciclagem de 50% em oito anos.

Canal de atendimento:

Em casos de problemas, entrar em contato com o whatsapp do Re-ciclo (85) 99767-6220. O time de suporte do Re-ciclo está disponível para realizar o atendimento, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Foto: PMF/Reprodução