Grande Expediente: conheça os temas abordados pelos vereadores nesta terça-feira, 14

14/06/2022 - Ana Clara Cabral

Utilizaram a tribuna os vereadores Pedro Matos, Sargento Reginauro, Ronivaldo, Dudu Diógenes e Gardel Rolim.

Grande Expediente - Foto: Érika Fonseca

Requalificação do entorno da Faculdade de Direito

O vereador Pedro Matos (PL) se solidarizou com o reitor da Universidade Federal do Ceará, Cândido Albuquerque, devido as pichações feitas nos muros da reitoria por manifestantes. “Fico triste com protestos dessa maneira, pois não buscam de fato soluções”, disse. O vereador ainda enalteceu o trabalho realizado pelo reitor em prol da histórica instituição de ensino.

Pedro Matos também ressaltou a situação das caixas d’água que ficam em frente à Faculdade Direito da UFC e que há anos causam transtornos para as pessoas que passam no seu entorno. O parlamentar destacou que o reitor apresentou à Cagece e Prefeitura um projeto de requalificação daquela área. “Espero que de fato esse projeto saia do papel e que a prefeitura encabece esse projeto junto da Cagece e que possamos melhorar o entorno da faculdade de direito. Vamos acompanhar, monitorar e cobrar”, disse.

Envelhecimento da população

O vereador Ronivaldo Maia (PT) registrou o aumento do envelhecimento da população de forma acelerada no Brasil e defendeu políticas públicas voltadas para esse público. De acordo com o parlamentar, até 2050, a expectativa é que os números superem a população que tem até 15 anos.

“O envelhecimento da população precisa ser observado por nós políticos, pois se torna um problema social grave. A medida que aumenta a população idosa cresce também os abusos, maus-tratos e crimes contra o patrimônio dos idosos. E o Estado precisa estar melhor preparado pois o que temos visto é que ele tem retroagido”, apontou o vereador.

Ronivaldo também informou que solicitará por meio da Comissão de Direitos Humanos da Casa o agendamento de visitas a equipamentos municipais que ofertam atendimento à população idosa, a fim de verificar como estão as estruturas, os serviços e as políticas públicas voltadas para o idoso na Capital

Solidariedade pelo falecimento da dentista Darlene Ferreira

Sargento Reginauro (União Brasil) repercutiu a morte da dentista de 30 anos que morreu depois de passar mal na prova de Avaliação de Capacidade Física do concurso público para ingresso no cargo de Segundo-Tenente do Quadro de Oficiais Complementares da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Sargento Reginauro prestou solidariedade, manifestou seus votos de pesar à família e pediu um minuto de silêncio.

“Não sei ainda detalhes no que pode ter havido. É preciso repensar os exames que são feitos antes desses testes. Já perdemos atletas de alto rendimento nesses testes por não ter diagnosticado antes o problema que acometia a vida do profissional. É uma fatalidade lamentável, mas nós temos que nos cercamos de todos os cuidados possíveis para que isso não ocorra”, declarou.

Sargento Reginauro usou o seu tempo ainda para se manifestar contra o programa “Fortaleza Cidade Limpa”, da Prefeitura do Município, que prevê uma tarifa para subsidiar o novo plano de coleta de resíduos sólidos da capital cearense. O projeto não prevê cobrança para quem não pode pagar.

Liderança da Oposição

O vereador Dudu Diógenes (PL) ocupou a tribuna para questionar o prefeito Sarto sobre os valores gastos em contratos com rede sociais, problemas na operação tapa buraco, demora na abertura do Frotinha da Messejana e fechamento do Gonzaguinha daquela região. O vereador ainda questionou sobre a possibilidade da aplicação da tarifa do lixo. Dudu finalizou repercutindo a aprovação, no Senado Federal, do projeto que limita ICMS sobre combustíveis, conta de luz, comunicações e transportes.

Liderança do Governo

Pelo tempo da liderança do Executivo, o vereador Gardel Rolim (PDT), repercutiu o posicionamento de parlamentares sobre a votação da bancada do PDT na Câmara dos Deputados e no Senado favoráveis ao teto de até 17% para a cobrança do ICMS sobre combustíveis, energia elétrica, transportes e telecomunicações pelos Estados.

“Ouvi aqui vários questionamento sobre a postura do PDT com relação ao PLC nº 18/2022, que limita a cobrança do ICMS em até 17%. É importante dizer ao fortalezense que a bancada do PDT na Câmara foi a que deu mais votos a favor ao PLC que reduz o ICMS”, ponderou.

No segundo momento, Gardel parabenizou o prefeito José Sarto (PDT) pelo compromisso com a cidade e com a população. “Cada um de nós temos visto que o prefeito vem trabalhando em cada área do município, principalmente na periferia de Fortaleza. A rua Simão Santos há 30 anos vive na lama e na poeira e está lá sendo concluída uma obra para atender a população”, evidenciou.

Foto: Érika Fonseca