Câmara realizará primeira audiência pública sobre tarifas e serviços prestados pela Enel

08/06/2022 - Rochelle Nogueira

Em reunião nesta quarta-feira, 8, o presidente da Câmara, Antônio Henrique, e o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Santana, trataram sobre os debates nas macroregiões do Estado.

Comissão Enel - Foto: Evilázio Bezerra

Os órgãos de defesa da população têm colocado em pauta o aumento da tarifa de energia e a qualidade dos serviços prestados pela Enel. Atuação que na Câmara Municipal de Fortaleza conta com a Comissão Especial de Acompanhamento da Prestação de Serviço e Cobrança Tarifária pela Enel, e que em parceria com a Assembleia Legislativa realizará a primeira audiência pública para debater a temática.

As Comissões Especiais das duas Casas Legislativas determinaram a realização de quatro audiências públicas nas macrorregiões do Ceará, sendo a primeira a ser realizada em Fortaleza no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza no prazo de 15 dias.

“Hoje, pela manhã, me reuni com o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Santana, e o vereador Pedro França, relator da Comissão Especial de acompanhamento da Prestação de Serviço e Cobrança Tarifária da Enel, para tratarmos da realização de audiências públicas em conjunto e debatermos a qualidade dos serviços prestados pela operadora”, repercutiu Antônio Henrique (PDT) nas redes sociais o chefe do legislativo municipal.

O colegiado, presidido pelo vereador Antônio Henrique (PDT), vice- presidente, vereador Márcio Martins (PROS) e como relator o vereador Pedro França (Cidadania), vem realizando uma série de atividades no intuito de construir uma medida de apoio à população que tem enfrentando dificuldades com o aumento do valor da energia.

As atividades da Comissão Especial decorrem de reuniões já realizadas no Procon, Decon, Assembleia Legislativa e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Estamos juntando força junto com as instituições para fortalecer cada vez mais essa pauta. Por mais que não tenhamos essa competência de revisar o contrato da Enel, temos o dever de acompanhar os trabalhos que estão sendo feitos e principalmente auferir a qualidade desse serviço que está sendo prestado já que estamos na ponta e as demandas chegam primeiro na gente”, informou o relator Pedro França (Cidadania).

Vale ressaltar que o aumento nas contas dos consumidores já está em vigor desde abril com o encargo embutido de 24,85% . “O foco da Comissão Especial da Câmara é ir buscar melhores serviços aos fortalezenses e nós vereadores como estamos mais em contato com a população buscamos a melhor solução para o impasse”, disse o relator.

A Comissão também é formada pelos vereadores Lúcio Bruno (PDT), Luciano Girão (Progressistas), PPCell (PSD), Léo Couto (PSB), Adams Gomes (DEM), Larissa Gaspar (PT) e Danilo Lopes (Avante).

Foto: Arquivo/CMFor