Câmara entrega a Medalha Alanis Maria ao conselheiro tutelar Tiago Simões Ferreira

08/06/2022 - Marcelo Raulino

A Medalha Alanis Maria é dedicada aos cidadãos que atuam em prol da defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes em Fortaleza.

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou Sessão Solene, nesta quarta-feira (08/06), para a entrega da Medalha Alanis Maria ao sr. Tiago Simões Ferreira pelos relevantes serviços prestados às crianças e adolescentes no Município. A comenda foi proposta pelo então vereador Danilo Ribeiro, por intermédio do requerimento 8029/2021, aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa. A sessão foi realizada por iniciativa do vereador professor Enilson (Cidadania) que conduziu a solenidade, em nome do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Antônio Henrique (PDT).

A saudação foi feita pelo autor da homenagem, Danilo Ribeiro. “Quando assumi o cargo de vereador uma das primeiras pessoas que pensei em homenagear foi Tiago com a medalha do mérito da infância. Falar de Tiago é fácil, pois ele tem relevantes serviços prestados à causa das crianças e adolescentes. Ele é um dos grandes quadros dos conselhos tutelares do Ceará. Uma palavra que achei para defini-lo foi comprometimento, pois ele é comprometido com sua família, com a causa da infância. Em nome de toda sociedade fortalezense estamos aqui entregando essa medalha que foi aprovada por unanimidade pelos vereadores. Trabalhamos juntos no Conselho Tutelar 3, e enfrentamos muitos desafios. Ser conselheiro não é uma tarefa fácil principalmente em nossa cidade. A quinta capital do país deveria ter 28 conselhos tutelares, mas só possui 8 com 40 conselheiros, temos um deficit de 100 conselheiros”, frisou.

Ele pontuou que os Conselhos Tutelares talvez tenhas sido os únicos órgãos de atendimento a criança e adolescente que não pararam durante a pandemia. “Hoje temos outro desafio que é o crime organizado. Na semana passada estávamos defendendo um menor que estava ameaçado pelo crime organizado e fomos ameaçados, atiraram sete vezes para o alto na sede do Conselho para nos intimidar porque fizemos nosso trabalho, mas não vamos nos intimidar. Quero parabenizar a Prefeitura e a Funci pelo apoio, que temos recebido. Temos uma sede, três veículos, apesar de poucos conselheiros, mas temos estrutura. Mas quero fazer uma reclamação ao Ministério Público da Infância. Nós conselheiros somos eleitos pelo povo e o MP a todo momento ficam criando recomendações para o Conselho Tutelar, coisas que não são de nossa alçada, atrapalhando nosso trabalho,” destacou

Afirmou que recentemente quando os conselheiros correram um risco de vida enorme aos erem ameaçados por bandidos, não houve nenhum gesto de solidariedade dos promotores de justiça, sequer uma nota, mensagem ou telefonema. “Quando é para exigir coisas que não são de nossa competência eles cobram, mas para se solidarizarem e nos apoiarem em momentos como esse, o MP é omisso. É omisso também quanto ao reconhecimento do trabalho feito pelos conselheiros tutelares. Mas estamos aqui em uma noite de festa e quero parabenizar o Tiago pelo comprometimento com o povo do Ceará. Receba essa comenda em nome do povo de Fortaleza.

Falou também o presidente da Funci, Iraguassu Teixeira Filho que destacou as ações realizadas pelo órgão e afirmou que a meta é erradicar a mendicância de crianças em Fortaleza. Ele destacou que Tiago recebe essa homenagem pelos destacados trabalhos em prol das crianças e adolescentes. Em seguida foi entregue a Medalha Alanis Maria para Tiago Simões Ferreira, juntamente com o certificado da mesma.

Em seus agradecimentos, o homenageado disse que sua mãe sofreu de uma AVC em 2020 e estava se recuperando mas em 2021 teve outro AVC que a levou a ser hospitalizada. Meu sonho é que ela estivesse presente aqui hoje, mas não foi possível, creio que pela emoção ela teve um picvo de pressão e teve que ser levada ao hospital, mas quando sair daqui vou colocar essa medalha no peito dela pois é por ela que estou aqui hoje,” disse.

Ele agradeceu a Deus pelos dons que tem recebido. “Um menino pobre que nasceu nas Goiabeiras, cresceu, se formou, casou com a Rosana, formou uma linda família e hoje recebe na Câmara Municipal de Fortaleza essa destacada honraria. Quero agradecer a minha família que têm dedicando suas horas de folga e férias para caminhar comigo no enfrentamento de três eleições para conselheiro tutelar. vê-los aqui presentes. Quero aqui dedicar esse prêmio a minha mãe. A senhora é o meu maior exemplo de superação e de sucesso, não conheço nada parecido com o que agente viveu nesses últimos dois anos, a senhora é uma mulher forte, dedicada e que leva em prática a caridade de cristo. Ao meu pai muito obrigado. É um pai presente, honesto e dedicado e isso tem grande diferença em uma família. Quero agradecer publicamente tudo que o senhor fez por mim,” ressaltou.

Ele agradeceu também a sua esposa, “essa grande e generosa mulher. Rosana não é só minha esposa, é minha companheira de vida, tudo, absolutamente tudo que tenho conseguimos juntos, fruto de nosso amor e cumplicidade. Você é meu sustento para seguir em frente”.

Ao falar sobre o conselho tutelar de Fortaleza, ele afirmou que é formado por 40 cidadãos que dedicam suas vidas em prol das crianças e adolescentes, enfatizando que chegar a esse cargo impõe grandiosos desafios. Ele disse que a pessoa que quer ser conselheiro deve ter vocação e querer servir. Pois o trabalho é realizado na periferia, na favela, e nos locais com menor índice de desenvolvimento humano. “É lá que somos necessários e imprescindíveis. O conselheiro deve ser acima de tudo um humanista e intransigente defensor dos direitos humanos”, salientou.

Ao encerrar o pronunciamento ele homenageou cada conselheiro e conselheira, cada guerreiro e guerreira que segundo ele, deve ser reconhecido e fortalecido. Ele fez um apelo ao prefeito José Sarto, em nome do colegiado: “Peço que envie essa casa a mensagem 9.843, que trata do regime jurídico do conselho tutelar que está nos arquivos da prefeitura há vários meses. Sua aprovação será uma grande demonstração de apreço à nossa categoria”, finalizou.

A Mesa Solene foi composta pelas seguintes autoridades: terceira secretaria da Mesa Diretora, vereadora Kátia Rodrigues; presidente da Funci, Iraguassú Filho; propositor da solenidade o então vereador Danilo Ribeiro; assessor executivo do BNB, Fernando FF e o conselheiro tutelar e então vereador Marcos Paulo.

Perfil

Tiago Simões Ferreira é graduado em Direito pela UNIFANOR e Pós-graduando em Direito Interdisciplinar de Crianças e Adolescentes pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Possui atuação profissional na área da infância e da juventude há cerca de 15 anos. Após trabalhar em organizações da sociedade civil na elaboração e coordenação de projetos sociais, foi eleito, em 2015, com 1.202 votos para exercer o mandato de Conselheiro Tutelar.

Em 2019, Tiago Simões foi reeleito ao cargo com 1.416 votos. É membro titular pela terceira vez da Comissão Disciplinar do Conselho Tutelar de Fortaleza – órgão que apura administrativamente desvios de condutas de conselheiros tutelares. Ele atua também como palestrante nas temáticas dos Direitos humanos de crianças e adolescentes; O papel do Conselho Tutelar na garantia de direitos e na importância da Implantação e Aperfeiçoamento da Plataforma SIPIA no Conselho Tutelar.

Foi escolhido por seus pares como Conselheiro Referência na operacionalização do Sistema de Informação para Infância e Adolescência em Fortaleza, além de ser idealizador e cofundador do Movimento de Conselheiros e Conselheiras Tutelares do Estado do Ceará – MCCTC que será sucedido pela União de Conselheiros e Conselheiras Tutelares do Estado do Ceará – UCONTEC.

O desempenho do papel realizado pelo Conselheiro é de basilar relevância para a população, urna vez que fortalece e garante os direitos das crianças e adolescentes fortalezenses, possibilitando que estes tenham acesso às mais distintas políticas públicas, como saúde, educação, segurança pública e assistência social e psicológica.

Fotos: André LIma