Saiba como emitir o seu Cartão do SUS e realizar o cadastro para a vacinação

07/01/2022 - Cleonardo Dias

O Cartão Nacional de Saúde ou Cartão do SUS, é o documento de identificação do usuário do Sistema Único de Saúde

Com o avanço da vacinação contra Covid-19, o Governo do Estado do Ceará passou a exigir o Cartão Nacional do SUS como documento obrigatório para o cadastro no Saúde Digital. A numeração do Cadastro de Pessoa Física (CPF), antes obrigatória, tornou-se opcional. Com a aprovação da imunização de crianças entre 5 e 11 anos, algumas pessoas ainda enfrentam dificuldade na hora de preencher o cadastro pois não dispõe do número do Cartão do SUS.

O documento pode ser emitido em qualquer posto de saúde. Em Fortaleza são 116 unidades de atendimento à população. É importante frisar que, quem já tomou alguma vacina ou recebeu qualquer atendimento nos serviços públicos de saúde, já possui a numeração do CNS.

Como faço para tirar a 2ª via do Cartão do SUS?

O cidadão pode acessar diretamente por meio do site do Conecte SUS, ou baixando o aplicativo no celular, disponível para Android e IOS. Para o primeiro acesso, será necessário fazer um cadastro e, nos demais, basta inserir o CPF e uma senha. Para obter o cartão virtual do SUS via internet o cidadão deve ter feito anteriormente o cartão físico.

Se preferir, o usuário também pode emitir a 2ª via do cartão no posto de saúde mais próximo da sua casa. Para isso, basta comparecer em uma unidade com o RG, CPF e comprovante de residência em mãos.

Documento necessário para emissão do Cartão do SUS

  • Certidão de nascimento (crianças e adolescentes)
  • RG ou documento de identificação com foto
  • CPF
  • Comprovante de endereço

Vacinação da Covid-19 para crianças

No último dia 4 de janeiro, o governo do Estado do Ceará aprovou a vacinação contra Covid-19 em todas as crianças com idades entre 5 e 11 anos, sem prescrição médica, mediante cadastro prévio na plataforma Saúde Digital. A estimativa da Secretaria de Saúde do Estado é vacinar 904.624 cearenses nessa faixa etária. O início da vacinação neste grupo ocorrerá tão logo o Ministério da Saúde envie o imunobiológico (ainda sem previsão).

Segundo a Sesa, o imunizante a ser aplicado no público de 5 a 11 anos é o da Pfizer/BioNtech. Será aplicado 1/3 da dose administrada em adolescentes (a partir de 12 anos) e adultos. Para a vacinação, as crianças devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis. É obrigatória a identificação dos pequenos através de um documento oficial com foto.

Clique aqui para realizar o cadastro no Saúde Digital.

O Cartão Nacional de Saúde ou Cartão do SUS, é o documento de identificação do usuário do Sistema Único de Saúde. Este registro contém as informações dos indivíduos, como: dados pessoais (nome, nome da mãe, data de nascimento, etc), contatos (telefones, endereço, e-mails) e documentos (CPF, RG, Certidões, etc). Atualmente, o número do cartão está inserido nos sistemas informatizados de saúde que demandam a identificação dos indivíduos, sejam usuários, operadores ou profissionais de saúde.

Informações: Governo Federal e Sesa

Foto: Marcelo Camargo