Saúde, segurança pública e ações no Conjunto Palmeiras foram temas do Grande Expediente

25/11/2021 - Rochelle Nogueira

Utilizaram a tribuna os vereadores Márcio Martins, Gardel Rolim, PPCell, Julierme Sena, Ronivaldo Maia e Sargento Reginauro

Pequeno Expediente - Foto: Érika Fonseca

Segurança Pública

O vereador Márcio Martins (PROS) utilizou a tribuna pelo grande expediente para destacar a situação da segurança pública no estado do Ceará. O vereador enalteceu o governador Camilo Santana (PT) que deliberou operação da polícia civil em 51 municípios com a apreensão de chefes de facções atuantes nas cidades investigadas.

“Eu elogio a ação do governador Camilo Santana quando ele acerta e essa operação realizada em vários municípios foi correta. Deu condições a polícia civil de trabalhar e apreender lideres de grandes facções criminosas. É só deixar a polícia trabalhar. O que precisa ser feito é conceder autonomia para os profissionais e se o governador acertar com muita humildade a gente vem aqui e reconhece”, comentou Martins.

Atuação no bairro Conjunto Palmeiras

O vereador PP Cell (PSD) agradeceu a aprovação do decreto nº 0029/2021, de autoria do vereador Fábio Rubens, que concede o título de cidadão de Fortaleza ao parlamentar que nasceu na cidade de Santa Quitéria, interior do estado. “Me sinto honrado com essa indicação”, declarou. O parlamentar utilizou seu tempo para citar melhorias no bairro Conjunto Palmeiras, sua área de atuação.

“Venho aqui destacar algumas ações no bairro Conjunto Palmeiras. É o bairro onde tenho família, amigos e que me adotou. Nesses 11 meses de mandato coincidentemente nunca ocorreu tantas ações no local como nesse período. Em representação ao povo que me concedeu 7.330 votos, me tornei elo entre a população e o poder público”, atentou.

Na oportunidade, o parlamentar citou a implementação da horta social que será entregue em dezembro e que vai beneficiar 800 famílias diretamente, mudança no CCD (antigo CSU), construção da Areninha no bairro, a entrega da reforma do posto Pedro Sampaio, entrega do papel da casa para regularização fundiária, dentre outros.

Saúde

O vereador Ronilvado Maia (PT) repercutiu o vídeo que está circulando nas redes sociais sobre a oferta de alimentação em equipamentos de saúde. O parlamentar contou que recebeu representantes do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza – Sindifort sobre o tema.


O vereador Sargento Reginauro (Pros) também falou sobre a questão da saúde na cidade de Fortaleza. O parlamentar apresentou em plenário dados emitidos pela Controladoria Geral da União – CGU referente a contratação das terceirizadas na área da saúde.

Reginauro também falou do vídeo sobre a distribuição de refeição no Hospital Frotinha. A demanda foi repassada à Comissão de Saúde da Casa.


Pela liderança da oposição, o vereador Julierme Sena (Pros), falou sobre a necessidade do repasse de recursos públicos à Santa Casa de Misericórdia para a manutenção dos serviços.


O vereador Gardel Rolim (PDT), pela liderança do Executivo, falou do compromisso da gestão municipal com a saúde, atentando para a redução dos repasses do Governo Federal mesmo diante da pandemia. “A Prefeitura de Fortaleza faz o contrato mas quem repassa o dinheiro é o Ministério da Saúde. Excepcionalmente, por causa da pandemia, o Governo Federal em 2020 repassou 100% dos valores, independente da produção acertada contratualmente e esse compromisso vigorou até 31 de dez de 2020. O Governo precisa reeditar a lei para que esse dinheiro chegue e a Prefeitura repasse para as prestadoras de serviço”, atentou.

Foto: Arquivo/CMFor