Vereadores repercutem a redução do número de acidentes de trânsito e o incêndio no Parque do Cocó

18/11/2021 - Silmara Cavalcante

Eleição da OAB-CE e estruturas das unidades de saúde também foram temas debatidos no Pequeno Expediente

Enfermeira Ana Paula (PDT)

Repercutiu a redução do número de acidentes de trânsito no mês de outubro. Enfermeira Ana Paula parabenizou a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) pelo resultado alcançado além da implementação de ações importantes, como a adequação da velocidade nas vias da Capital.

A parlamentar destaca que alcançar o menor número de vítimas fatais nos últimos 20 anos na Capital tem impacto direto na saúde, tendo em vista o grande número de internações no Instituto José Frota (IJF) por trauma são oriundas de acidentes no trânsito atingindo principalmente motociclistas. “Essa politica de redução de velocidade é uma política pública que vem ajudar a reduzir os custos com a saúde e salvar vidas”, apontou.

Dr. Luciano Girão (Progressistas)

Apontou o descaso da rede privativa de saúde Unimed no atendimento de um idoso de 77 anos. De acordo com o parlamentar, a equipe multidisciplinar foi até a residência do cidadão e ao constatar um distúrbio metabólico no paciente solicitou uma ambulância, encaminhando-o para a unidade hospitalar a fim de que pudesse receber a medicação, mas em dois dias internados não teve acesso ao medicamento.

“Chegando no hospital, já com dois dias internados é dito para a família do idoso que não vão dar o medicamento. Tirou o cidadão de casa e colocou em um hospital, sujeito a pegar várias infecções hospitalares, podendo vir a óbito, expôs a pessoa para que pudesse tomar um medicamento que é necessário, mas eles negaram a medicação e derem alta ao paciente. É um absurdo, o idoso que pago tão caro a mensalidade, cerca de R$ 2500 a R$ 3000 para no fim ter esse atendimento pífio”, criticou.

Júlio Brizzi (PDT)

Destacou os impactos ambientais do incêndio no Parque do Cocó, que até a manhã desta quinta-feira (18) já tinha atingido mais de 20 hectares da área. “Um incêndio gravíssimo por tudo que o Parque do Cocó representa para a cidade, com um risco ambiental para a cidade inteira. Estamos solicitando esclarecimentos da SEMA com a suspeita de incêndio criminoso pois existe focos em vários pontos do Parque”, ressaltou o parlamentar.

Júlio Brizzi falou ainda da sanção do programa Bolsa Esporte, regulamentado pela Lei nº 11.175, publicada no Diário Oficial da última terça-feira (16). “Uma iniciativa muito importante para o esporte”. O vereador destacou também a entregar a Medalha Iracema, que homenageará a trajetória do ex-reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Roberto Cláudio.

Pedro França (Cidadania)

Destacou a eleição da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE), que ocorreu ontem (17), no Centro de Eventos. O parlamentar parabenizou Erinaldo Dantas, reeleito presidente da OAB para o triênio 2022-2024 e reafirmou o compromisso do seu mandato com a classe de advogados.

“Como membro da OAB Ceará coloco o meu mandato a inteira disposição de todos vocês. O nosso gabinete está de portas abertas para todas as proposições de pleitos à favor da democracia”, pontuou.

Danilo Lopes (Podemos)

Chamou atenção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para tomar providências em relação ao atraso do salário de funcionários terceirizados que possuem vínculo empregatício com a Organização Social (OS) Cisne, que administra unidades de saúde em Fortaleza. O parlamentar relatou a situação de trabalhadores de alguns postos do bairro Bom Jardim, destacando que os mesmos já falam em férias coletiva.

Danilo ainda pediu celeridade para Prefeitura na reforma de algumas unidades de saúde. Segundo o vereador, tem recebido ligações de populares relatando problemas na infraestrutura de alguns postos de saúde em Fortaleza.

Jorge Pinheiro (PSDB)

Parabenizou o advogado Erinaldo Dantas pela reeleição ao cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Ceará, desejando ao gestor êxito e um bom mandato na condução do órgão. “Sou advogado, já se vão aí mais de 20 anos na área. Comecei a advogar e a militar no direito canônico, atuando no Tribunal Eclesiástico de Salvador.

Portanto quero parabenizá-lo pela reeleição e também ao Sávio e Daniel que compunham a outra chapa e dizer que agora devemos juntos buscar contribuir e acompanhar os trabalhos do Erinaldo Dantas, desejando que ele tenha ainda mais êxito na condução da OAB nos próximos anos e que não venha a seguir pautas ideológicas”, afirmou.

Foto: Érika Fonseca