Campanha Novembro Azul e fortalecimento da Atenção Primária são destaques no Grande Expediente

17/11/2021 - Adriana Albuquerque

Durante a sessão desta quarta-feira, 17, os vereadores Danilo Lopes, Cláudia Gomes, Priscila Costa e Dr. Vicente utilizaram a tribuna

Novembro Azul

A vereadora Cláudia Gomes (DEM) utilizou o tempo no Grande Expediente para reforçar a Campanha Novembro Azul, alertando sobre a importância de fortalecer as ações preventivas. A parlamentar alertou para os índices relacionados a doença, sendo o segundo tipo de câncer que mais afeta os homens.

“Queremos tirar essa capa do preconceito. Segundo os dados um homem morre a cada 38 minutos de câncer de próstata e esse é um câncer com até 90% de cura, por isso a importância da prevenção”, reforçou Cláudia Gomes fazendo um chamado para os homens acima de 45 anos.

Serviço público

Durante o Grande Expediente, o vereador Dr. Vicente falou sobre a possibilidade de aprovação da PEC da Reforma Administrativa atentando para a alteração que trata da aposentadoria compulsória de servidores com 70 anos. Segundo o parlamentar, a medida irá prejudicar a ´ prestação de serviços à população, tendo em vista que será necessários a realização de concursos públicos para preenchimento das vagas ocupadas pelos profissionais.

O parlamenta lembrou da “PEC da Bengala”, que ampliou de 70 para 75 anos a aposentadoria compulsória de ministros de tribunais superiores e do Tribunal de Contas da União (TCU), classificando como um “golpe” na gestão da então presidente da República, Dilmar Roussef.

Saúde

O vereador Danilo Lopes (Podemos) debateu na tribuna do Legislativo sobre a necessidade de concurso público para a Atenção Primária. O parlamentar destacou que há 16 anos não acontece um certame em Fortaleza.

Danilo ainda chama a atenção para a concentração de Organizações Sociais (OS) na administração nas unidades de saúde. O vereador afirma que o critério para a seleção de profissionais não é transparente e que algumas dessas instituições estão atrasando o salário de funcionários mesmo com os recursos sendo repassados pela Prefeitura de Fortaleza.


Repercutindo o projeto de indicação n° 1608/2021 , de autoria do vereador Gardel Rolim, a vereador Priscila Costa (PSC) reforçou o papel do Sistema Único de Saúde na garantia de direitos da população. A parlamentar falou da Lei nº 8.080, que estabelece as diretrizes de funcionamento do SUS, dentre eles, a universalidade.

Com informações de Silmara Cavalcante

Foto: Érika Fonseca