Antônio Henrique mediará emenda coletiva no Orçamento para o Iprede

17/11/2021 - Anna Regadas

O objetivo da visita foi solicitar apoio dos parlamentares na destinação de recursos à instituição, através de emendas ao Orçamento 2022.

A diretora-secretária do Instituto da Primeira Infância (Iprede), Joana Clemente, compareceu à Câmara Municipal de Fortaleza, na manhã desta quarta-feira, 17, para pedir o apoio dos parlamentares na destinação de recursos à instituição, através de emendas ao Orçamento 2022.

Segundo a diretora-secretária, o Instituto, que atua no atendimento de 1350 crianças em situação de vulnerabilidade social e de 250 crianças com espectro autista, precisa de R$ 980 mil para garantir a reforma e ampliação da unidade.

“Nossa intenção é angariar recursos, uma emenda de custeio para que a gente possa reformar, ampliar e melhorar as nossas instalações e assim garantirmos cada vez mais o atendimento com excelência. Em um momento de pandemia, de muita fome, a gente precisa dar as mãos”, apontou.

O presidente Antônio Henrique (PDT) se comprometeu em levar a pauta aos demais vereadores com o objetivo de elaborarem uma emenda coletiva, garantindo na peça orçamentária de 2022, os recursos necessários para reforma do Iprede.

O Iprede foi criado em 1986, inicialmente como forma de enfrentamento à desnutrição infantil, mas ao longo dos anos expandiu suas ações e hoje promove atividades voltadas para o desenvolvimento humano, abrangendo aspectos físicos, psíquicos e sociais tanto da criança como da família atendida. O Instituto atende em média 950 famílias em situação de vulnerabilidade social, o que totaliza o atendimento de cerca de 1.350 crianças por mês.

Foto: Érika Fonseca