Conferência Vozes da Retomada, PEC dos Precatórios e educação no trânsito são destaques no Pequeno Expediente

10/11/2021 - Silmara Cavalcante

Fizeram uso do tempo no Pequeno Expediente os vereadores Júlio Brizzi, Professor Enilson, Dr. Luciano Girão, Dr. Vicente, Sargento Reginauro, Jorge Pinheiro, Danilo Lopes e Ronaldo Martins

Júlio Brizzi (PDT)

Destacando a retomada econômica na Capital diante do avanço da vacinação da população, o parlamentar enfatizou o protagonismo da Câmara Municipal de Fortaleza no debate do assunto e parabenizou o presidente Antônio Henrique (PDT) pela realização de Conferência Vozes da Retomada na última segunda-feira, 8, que contou com a participação do ex-prefeito Roberto Cláudio, do atual prefeito de Fortaleza, José Sarto, do prefeito de Eusébio, Acilon Gonçalves, além de vereadores e gestores de outros municípios.

“Os gestores puderam falar da situação da economia e das ações durante a pandemia, bem como de projetos, ideias e caminhos para que a gente possa acelerar a retomada econômica neste momento tão difícil, ainda em pandemia mas com otimismo, pois inclusive em Fortaleza, a gente passou uma semana sem nenhum óbito por conta da Covid-19. E a gente espera que com o avançar da vacinação, a gente realmente tenha condições de fazer a retomada. Esse é o nosso esforço aqui na Câmara, então parabéns ao presidente Antônio Henrique, à Câmara e a todos que participaram”, afirmou.

Dr. Luciano Girão (Progressistas)

Debateu sobre as dificuldades enfrentadas diariamente pelos ciclistas devido a falta de respeito de alguns motoristas no trânsito, mesmo com a existência de faixas exclusivas para esse público. Aproveitou para solicitar à AMC a criação de uma campanha de conscientização para todos que utilizam o trânsito. O vereador também parabenizou a Federação Cearense de Beach Tênis pelo excelente resultado na Copa das Federações de Beach Tênis, realizado no Estado de Santa Catarina.

Professor Enilson (Cidadania)

Destacou a assinatura do Protocolo de Intenções de parceria entre as Secretarias Municipais e Guardas da Região Metropolitana, que ocorreu na última sexta-feira (5), com o objetivo de integrar ações de formação e atuação das guardas municipais desses municípios. “Que isso sirva de modelo para outras regiões metropolitanas do Brasil como uma forma de se trabalhar em conjunto seguindo as mesmas diretrizes. Desta forma o cidadão vai ganhar muito com as estratégias de segurança pública”, disse.

Dr. Vicente (PT)

Criticou a PEC dos Precatórios, de iniciativa do presidente Bolsonaro, aprovada ontem por 323 votos a favor e 172 contra, na Câmara dos Deputados. A Proposta de Emenda à Constituição permite ao governo adiar dívidas, abre espaço para despesas de R$ 91,6 bi e muda regra do teto de gastos a fim de viabilizar a execução do Auxílio Brasil. De acordo com o parlamentar, a bancada petista votou contra a medida, pois defende o pagamento dos precatórios.

“O presidente está criando um programa eleitoreiro, pois só vai até dezembro de 2022. É absurdo, pois ele acabou com o Bolsa Família antes mesmo de criar esse programa. Só pensa na sua reeleição e está pegando o dinheiro dos precatórios que era para pagar a diferença daqueles aposentados, dos professores e de servidores federais. Nós sabemos que vai ser usado R$ 45 milhões para este programa e os outros R$ 45 milhões é para fazer a politicagem. É um orçamento secreto que até o Supremo Tribunal Federal está contra”, criticou.

Sargento Reginauro (Pros)

Repercutiu na tribuna da Casa Legislativa, o resultado da aprovação da PEC dos Precatórios que tramita em Brasília. Enfatizou que a aprovação trará benefícios para diversas famílias de baixa renda no Brasil, em especial no Ceará. De acordo o vereador, com a aprovação da matéria, o auxílio de renda passará de 189 reais para 217 reais e até o final de 2022 para 400 reais. “Parabéns aos deputados cearenses que votaram a favor na PEC dos Precatórios”.

Danilo Lopes (Podemos)

Solicitou ao prefeito José Sarto (PDT), o abono das faltas dos servidores de nível médio da rede pública de saúde que participaram ativamente do movimento em defesa da incorporação das 8 horas de Educação Continuada. De acordo com o parlamentar, haverá uma reunião amanhã, 11, com representantes do Sindsaúde e o prefeito para tratar sobre o assunto.

“A gente faz um apelo e pede a sensibilização do prefeito para que ele abone as faltas destes servidores, pois eles precisam deste dinheiro. Que mantenha sempre o diálogo com os servidores, pois eles são a alma do serviço de saúde aqui no Município de Fortaleza”, pediu.

Jorge Pinheiro (PSDB)

Solicitou à Prefeitura de Fortaleza que faça o desligamento das ligações clandestinas e a instalação de um motor para oxigenação no Lago Jacarey. O pedido ocorre após a repercussão positiva do projeto de Indicação nº 1537 de 2021, de sua autoria, que autoriza o Executivo a instalar uma estação de pedalinhos, caiaques e stand up paddle no local. Segundo Jorge, para que o projeto seja viabilizado é preciso que a água esteja limpa.

“Pessoas ficaram preocupadas com a divulgação desse projeto porque no Lago ainda temos ligações clandestinas que ocasionam mau cheiro. Já pedimos a limpeza do espelho d’água e queremos por meio da introdução desse projeto, proporcionar mais uma atividade de lazer e geração de emprego e renda”, disse Jorge Pinheiro.

Ronaldo Martins (Republicanos)

O vereador utilizou o tempo na tribuna para expor seu posicionamento contrário ao uso de linguagem neutra. “Para mim, é usurpação da nossa linguagem. Alteração da língua portuguesa sem legislação. A Educação é um dos principais meios pelos quais a língua pode ser compreendida e transmitida para as gerações que se sucedem. Nós estamos aqui para fiscalizar e cumprir o ordenamento jurídico e garantir o exercício da democracia”, declarou.

Foto: Érika Fonseca