Bruno Mesquita propõe projeto que cria sessões de cinema adaptadas para autistas

22/10/2021 - Cleonardo Dias

A matéria encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça aguardando parecer do relator

Sessão plenária Vereador Bruno Mesquita Data: 02.03.2021 Foto: Érika Fonseca

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza, o Projeto de Lei Ordinário nº 332/21, de autoria do vereador Bruno Mesquita (PROS), que dispõe sobre a realização de sessão de cinema adaptada para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A sessão especial receberá o nome de “Sessão Azul”.

Sala adaptada para a Sessão Azul

Segundo o projeto, as salas de cinemas em atividades deverão realizar uma vez por mês sessões adaptadas para pessoas com TEA e seus familiares. Na ocasião, as sessões deverão ser identificadas com o sinal universal da conscientização do autismo (Cor azul e quebra-cabeça), a ser fixada na entrada das salas de exibição.

As salas de exibição ainda devem contar com iluminação baixa e adequadas com luminárias de LED e dimerizadores, além de volume reduzido. Durante as sessões também não haverá proibição à livre circulação pelo interior da sala.

Na justificativa do projeto, o autor ressalta os transtornos de autistas em sessões de cinema, dentre eles, desconforto com a iluminação e sons inadequados prejudicando seus sentidos e percepção. “Vamos sempre defender uma política inclusiva, de modo a garantir o acesso adequado de autistas a toda espécie de lazer”, explicou.

Bruno Mesquita finaliza enfatizando a importância da criação de salas adaptadas para os pessoas com TEA. “Fazer essas sessões voltadas para os autistas é para que eles tenham acesso a cultura e lazer. Esse projeto é para que as famílias autistas tenham mais acesso as salas de cinema fazendo que crianças e adolescentes autistas sejam mais felizes”, pontuou.

O PLO nº 332/21 encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Fortaleza aguardando parecer do relator.

Foto: Érika Fonseca