CNH Popular oferece 25 mil carteiras de habilitação gratuitas

13/10/2021 - Marcelo Raulino

Para se inscrever no programa CNH Popular, as pessoas devem acessar o site www.detran.ce.gov.br, clicar em habilitação e depois em CNH popular

CNH - Foto: Marcello Casal Jr.

O Governador Camilo Santana lançou na tarde desta quarta-feira (13), em solenidade realizada no Palácio do Governo, o Programa CNH Popular 2021, que oferece 25 mil carteiras de habilitação de forma gratuita, sendo que 5 mil delas são destinadas para Fortaleza e 20 mil para os municípios do Interior. O evento contou com as presenças do Secretário Infraestrutura, Lúcio Gomes; do superintendente do Detran, Maximiliano Quintino, e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão.

O Governador destacou que em 2020 o programa não pode ocorrer devido a Pandemia, e por esse motivo, neste ano, o número de CNH’s disponibilizadas é praticamente o dobro da oferecida em 2019. “Serão 25 mil carteiras para os 184 municípios. Desde 2009 quando esse programa foi criado já foram beneficiadas 139.665 cearenses. No nosso Governo incluímos a habilitação em carro e a entrega de capacete para os que são aprovados na habilitação de moto. Esse equipamento evita sequelas maiores em caso de acidentes, já que a maioria dos pacientes por acidentes de trânsito que entram nas emergências hoje são motociclistas”, disse.

O número de carteiras por município serão calculadas através de alguns critérios como o número de habitantes, ou seja, coeficiente de 1 CNH a cada 326 habitantes. Os primeiros municípios atendidos serão os que já possuem a própria autarquia de trânsito e em seguida os municípios que estão em fase de formalização de cadastro de municipalização junto ao Denatran; Outro critério é a proporção de veículos registrados x pessoas habilitadas

Já o cidadão que queira ter acesso à CNH Gratuita também terá que atender a alguns requisitos, como por exemplo: ser beneficiário do Programa Bolsa Família; ser portador de deficiência ou egresso do sistema penitenciário.

O governador alertou a população para ficar em alerta com relação a golpes que estão ocorrendo via WhatsApp. “As pessoas devem ter cuidado com golpes e promessas vindas por WhatsApp e mensagens. Só devem confiar em informações dos canais oficiais do Governo e do Detran e não clicar em links enviados pelo WhatsApp”, afirmou. Entre as falsas mensagens que circularam nas redes sociais, um avisa que outra pessoa já fez a inscrição no “CNH Social” e há o convite para que seja realizado o mesmo processo. Na mensagem é disponibilizado um link para realizar o cadastro do programa que solicita dados pessoais.

Para se inscrever no programa CNH Popular, as pessoas devem acessar o site www.detran.ce.gov.br, clicar em habilitação e depois em CNH popular. Clicar em 1ª Habilitação, e fazer o cadastro, coloc ando os dados pessoais, endereço, e-mail, identidade, CPF, contato telefônico e confirmar. Depois pode enviar pelo próprio site os documentos, que são o comprovante de residência; identidade; declaração de identificação social e o CPF. “Ao realizar esse passo a passo, o cidadão pode acompanhar o status da inscrição via por e-mail ou por tela de acompanhamento no site. Queremos agilizar o mais rápido possível a liberação dessas 25 mil habilitações”, disse Camilo.

O secretário de Infraestrutura do Estado, Lúcio Gomes, afirmou que esse programa é mais uma importante ferramenta de inclusão social. “No final de 2022 serão mais de 165 mil contemplados com esse beneficio, pois todos eles serão qualificados para fazer jus aos exames, de forma gratuita”, frisou. Hoje a habilitação pode chegar a R$ 1.500,00 a R$ 1.600,00, dependendo da categoria.

O superintendente do Detran, Maximiliano Quintino, lembrou que na primeira conversa que teve com o Governador sobre o Detran recebeu três recomendações. Primeiro a preocupação com relação a preservação da vida, seja por educação de trânsito, seja fiscalização, ou finalização das obras de estradas e recolhimento de animais; em segundo lugar atender bem o cidadão e em terceiro, o resgate da CNH popular. “O senhor enxergava toda importância desse projeto para o cidadão. Mas o programa vai além da simples emissão da CNH, pois o cidadão passa por um processo de habilitação, estuda os preceitos básicos que serão observados no trânsito por ele, a exemplo da sinalização, e além disso esse projeto é mais uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Esse é um dos maiores programas de habilitação do país”, ressaltou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Evandro Leitão, entende que o programa por si só é autoexplicativo. “É uma carteira concedida à sociedade gratuitamente, mas esse programa só está acontecendo graças ao equilíbrio fiscal que o Estado está experimentando, fruto de uma gestão que têm administrado com responsabilidade a coisa pública e retornando esses recursos que são arrecadados através de investimentos”, salientou.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil