Contratação de Profissionais para vacinação e defesa do meio ambiente foram alguns dos temas debatidos no Grande Expediente

10/06/2021 - Rochelle Nogueira

Cinco vereadores utilizaram a tribuna com assuntos pertinentes que impactam positivamente na vida dos fortalezenses.

Sessão plenária Data: 10.06.2021 Foto: Érika Fonseca

Durante a sessão ordinária realizada na tarde desta quinta-feira (10), os vereadores utilizaram a tribuna pelo Grande Expediente para abordar temas como: cidade voltada às causas ambientais, vacinação como prioridade da gestão, ressignificação no pós-pandemia e impactos futuros, melhorias para a população do Vila União e a comemoração com a aprovação do projeto que autoriza a contratação de profissionais de saúde para a vacinação em Fortaleza.

Uma Fortaleza Verde

O vereador Gabriel Aguiar (PSOL) utilizou a tribuna do plenário Fausto Arruda para fazer um breve retrospecto de seu mandato durante os primeiros seis meses de atuação na Casa Legislativa. Segundo o vereador, o seu trabalho iniciou antes do dia 1 de janeiro, com o diálogo em comunidades, grupos e associações que resultaram em diversos projetos.  Ele apresentou até o momento 25 projetos de leis ordinárias, 13 projetos de indicação e 11 requerimentos. “Todos esses projetos foram construídos antes de entrar na Casa. Foram pactuadas 203 propostas e nós estamos apresentando uma por uma. Outros projetos voltados para a causa do meio ambiente estão sendo gestados e serão apresentados na Casa Legislativa”, disse.

O parlamentar reforçou que vem dialogando para tornar uma Fortaleza verde, uma cidade moderna e inovadora. Gabriel Aguiar agradeceu a sua equipe e a população que apostou em seus projetos. “Um mandato que prospere em seus projetos é gratificante”, declarou. Ao final, o vereador comentou sobre a política implementada pelo Governo Federal. “Uma política negacionista e ambiental irresponsável que vem acontecendo de forma avassaladora. Diferentemente no Ceará, a cidade pode se tornar exemplo para o Brasil com uma gestão inovadora voltada para as boas práticas ao meio ambiente”, aposta o vereador.

Vacinação aos fortalezenses como prioridade

O parlamentar Gardel Rolim (PDT) fez um apanhado de ações importantes que passaram pela Câmara Municipal de Fortaleza durante essa semana e que trará benefícios a população fortalezense. O vereador citou a aprovação do projeto que amplia a contratação de profissionais para a vacinação dos fortalezenses. “Estamos vendo que graças a Deus a Prefeitura de Fortaleza tem recebido mais vacinas. Liderada pelo prefeito Sarto Nogueira, que também é médico, ele tem avançado muito nessas ações de imunização. O gestor pediu autorização desta Casa para a ampliação no processo vacinal para que mais pessoas fossem alcançadas”, evidenciou.

Sob outro aspecto, o vereador atentou para a campanha intitulada de “mutirão da vacinação”, em que a Prefeitura de Fortaleza disponibilizará mais de 30 equipamentos públicos, os CRAS, para que as pessoas possam realizar o cadastro. “Precisamos retomar as aulas, ter o retorno das atividades econômicas, mas tudo isso precisa ser feito com muita segurança e só será possível com a vacinação. A imunização do nosso povo é imprescindível para isso. Precisamos ter o cuidado, zelo e esmero para o retorno seguro as atividades econômicas, o novo normal”, apontou.

O vereador, que também é líder do governo, atentou para outras medidas da gestão que beneficiam a população como, por exemplo, a manutenção da tarifa de ônibus, ônibus extra na cidade, recapeamento da malha viária, recurso para o transporte complementar (vans e topiques). “Um esforço para manter a cidade funcionando da melhor maneira possível”, declarou Gardel.  

Pós-pandemia

O vereador Guilherme Sampaio (PT) destacou que pela experiência pessoal, como vereador de Fortaleza, é preciso dar um norte a discussão da pandemia na CMFor e de como essa crise pode ensinar diante das mudanças radicais ocorridas na economia, no meio ambiente, na prestação de bens e serviços, na vida dos cidadãos. O vereador citou que é preciso haver uma ressignificação no pós-pandemia para dar sentido a essa tragédia de nível mundial. “Foram as ações do próprio homem em sua forma predatória e de descaso com o meio ambiente que nos trouxeram até aqui. Essa é a tarefa da nossa geração. É necessário trazer esse debate para as nossas atribuições”, comentou.

Em outro ponto de seu discurso, o parlamentar fez menção a CPI da Covid-19 com a sabatina de personagens ligados à área da saúde que trará, por meio de sua relatoria, resultados sobre a responsabilização do Governo Federal diante da pandemia pela covid-19. Guilherme atentou para cinco pontos avaliados por ele durante as oitivas: “sabotagem às medidas sanitárias, postura criminosa com a prescrição de uma medicação pelo Presidente da República da Cloroquina e Hidroxicloroquina, negligência na antecipação de vacinas, medidas ineficientes de suporte médico-hospitalar, sabotagem do SUS com ações do gabinete paralelo. Todas essas medidas levam a uma conclusão comum, a responsabilidade por crimes contra a saúde pública. O que o Congresso Nacional vai fazer diante desses fatos”, questionou Sampaio.

 Vila União

O vereador Germano HE-MAN (PMB) usou a tribuna para agradecer, mais uma vez, os votos dos fortalezenses que confiaram e acreditaram nele como vereador e representante do povo. Ele atentou para alguns projetos indicativos de seu mandato que visam melhoria na vida dos moradores do bairro Vila União como: o saneamento básico da Lagoa do Opaia, a aquisição de um terreno na Travessa Camarinho; para que se transforme em uma praça para os moradores, um Ecoponto nas proximidades da Lagoa do Opaia; um reforço na prevenção de lixo no entorno da lagoa, projeto vacina 24 horas,  modificação do campo do Polo de Lazer do Opaia por uma Areninha e solicitou agilidade na entrega da creche aos moradores do entorno, haja vista que a obra encontra 50% concluída.

Contratação de profissionais de saúde para vacinação

Pelo tempo da liderança da Oposição, o vereador Julierme Sena (Pros) ressaltou que ontem, 9, a Câmara Municipal de Fortaleza, no Dia Mundial de Imunização, aprovou um projeto de lei ordinária nº 342/2021 de iniciativa do prefeito Sarto que autorizou contratação de profissionais de saúde para atuarem na vacinação contra a covid-19 em Fortaleza. Segundo o vereador, a mensagem foi comemorada por todos, pois, conforme atentou, em abril apresentou matéria semelhante. “Esse foi o melhor projeto na gestão do Sarto nesse primeiro semestre. Esse projeto é fascinante. Nós estamos vivendo a maior crise sanitária do século e o povo precisa de projetos que impactem na vida do fortalezense. Além de ampliar o número de profissionais de saúde, visa acelerar a vacinação e abrir novos pontos evitando inclusive as aglomerações”, finalizou.

Foto: Érika Fonseca