Comissão de Saúde aprova audiência para debater as políticas de saúde mental de Fortaleza

27/05/2021 - Cleonardo Dias

Após aprovação, as matérias aguardam serem incluídas na pauta da sessão

A Comissão de Saúde e Seguridade Social, da Câmara Municipal de Fortaleza, aprovou durante reunião virtual, o Requerimento nº 2629/21, de autoria da vereadora Larissa Gaspar (PT), que requer a realização de uma audiência pública com o objetivo de dialogar as políticas públicas de saúde mental no município.

Segundo a autora do requerimento, a iniciativa acontece em celebração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, realizado no último dia 18 de maio, bem como a necessidade de debater com a gestão municipal, movimentos de apoio a luta antimanicomial, usuários e trabalhadores da saúde, a situação da rede de atenção psicossocial em Fortaleza.

“Nós queremos trazer esse debate para encontrar soluções que garantam uma melhor prestação dos serviços para quem está precisando”, explicou a parlamentar.

O colegiado ainda aprovou as seguintes matérias:

  • Requerimento nº 1142/21 – vereadora Kátia (Cidadania): Requer que seja concedida a Medalha Dr. Periguary de Medeiros, para a Doutora Antônia Maria de Araújo Moreira, pelos relevantes serviços prestados à saúde mental de Fortaleza.
  • PLO nº 284/21 – vereador Guilherme Sampaio (PT): Regulamenta a vacinação de profissionais de educação como público prioritário no programa de vacinação vacinação contra a Covid-19. (extrapauta)

Estiveram presentes na reunião: a presidente da Comissão de Saúde, vereadora Cláudia Gomes (DEM) e os vereadores Paulo Martins (PDT), Bruno Mesquita (Pros), Júlio Brizzi (PDT), Danilo Lopes (Podemos) e Marcelo Lemos (PSL).

Foto: Érika Fonseca.