Covid-19: boletim epidemiológico aponta diminuição de 71,84% na média móvel de casos da doença

06/11/2020 - Cleonardo Dias

A média móvel é soma dos dados mais recentes dos seis dias anteriores, dividindo o resultado por sete

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela plataforma IntegraSUS, do Governo do Estado do Ceará, desta sexta-feira (06), publicado às 09h23min, vem apresentando uma diminuição da média móvel de casos da Covid-19, desde o início do mês de novembro em Fortaleza. A média atual está em 57,14. No primeiro dia do mês, a média móvel chegou a está em 125,14. Mesmo assim, a população deve manter os cuidados e medidas sanitárias para combater o novo coronavírus.

Já o número total de casos confirmados da doença na Capital está em 56.735, com 19.384 casos ainda em investigação. Desse total 34.783 pessoas estão recuperadas da doença. Já o número de óbitos desde o início da pandemia é de 3.922 com taxa de letalidade de 6,9. Nas últimas 24h nenhum óbito foi registrado.

Em todo território cearense, essa média móvel de casos confirmados da doença também apresenta uma redução da curva epidêmica com atuais 112,14 de média móvel. Já no início de novembro essa média era de 312,29. Ao todo, os casos confirmados da Covid-19 já são de 277.252 e com 236.899 pessoas recuperadas. O IntegraSUS ainda informa que já foram notificados 873.674 casos e um total de 9.393 óbitos.

As cidades com maiores incidências de casos confirmados, em números proporcionais a 100 mil habitantes, são Acarape (12901.1), Frecheirinha (10872.7), Crateús (8241.2) e Groaíras (7264.2).

Ainda de acordo com a plataforma, a atual taxa de ocupação de leitos de UTIs em todo o Estado é de 60,27% e a taxa de ocupação das enfermarias é de 33,12%. Já em Fortaleza essas taxas são de 68,35% de ocupação de leitos de UTIs e 56% de enfermarias ocupadas. Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), 18 pessoas seguem internadas. Esses dados apontam que mesmo com a redução da curva, a média de internações segue estável.

Informações: Plataforma IntegraSUS

Foto: Evilázio Bezerra