Uece inicia inscrições para o Vestibular 2020.2 e provas terão adoção de protocolos rígidos

08/10/2020 - Marcelo Raulino

As provas serão realizadas em dezembro, sendo a primeira fase no dia 6 e a segunda fase nos dias 20 e 21 do mesmo mês

A Universidade Estadual do Ceará (Uece), através da Comissão Executiva do Vestibular (CEV) reabriu as inscrições para o vestibular 2020.2 a partir desta quinta-feira (8) até o dia 16 de outubro, exclusivamente pelo site www.uece.br/cev, no link “Vestibular 2020.2”. Na quarta-feira (07) a Uece lançou o Comunicado nº 29/2020, que dispõe sobre alterações no Edital nº 07/2020, que é referente ao Vestibular 2020.2.

As provas serão realizadas em dezembro, sendo a primeira fase no dia 6 e a segunda fase nos dias 20 e 21 do mesmo mês. O Comunicado traz orientações sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) no dia das provas e dá outras informações importantes sobre o processo. No caso do candidato, ao entrar na sala de prova, deve portar EPIs, máscara facial, viseira (face shield), luva, gorro, propés (sapatilha descartável), avental ou roupa impermeável, embalagem contendo álcool em gel ou outra substância antisséptica.

Com relação aos procedimentos durante a prova, o candidato deverá, obrigatoriamente, permanecer de máscara durante todo o período de realização das provas, devendo a mesma cobrir adequadamente o nariz e a boca do participante, retirando apenas para identificação em sala e ingestão de água, sucos e similares. Os candidatos poderão entrar no local de aplicação portando seus próprios frascos de álcool em gel ou outros antissépticos para as mãos, desde que os mesmos se encontrem em embalagem transparente e sem rótulo.

Para a aplicação das provas, a Uece deverá seguir os 28 protocolos do Plano de Contingência, elaborados pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, referentes às medidas sanitárias para aplicação de provas de Concursos e Seleções Públicas no Estado do Ceará, entre os quais: os candidatos, bem como a equipe de aplicação, ficam obrigados a observar e respeitar todos os protocolos consignados no presente Plano de Contingência; gestantes, lactantes e demais pessoas que se considerem integrantes de grupo de risco deverão também seguir as recomendações de segurança; os espaços devem ser organizados de forma a manter um distanciamento superior ou igual a 1,5 metro entre os candidatos presentes ao concurso.

Locais de prova

Nos locais da prova deverá haver um fiscal ou mais para garantir a orientação acerca do distanciamento correto entre os participantes do concurso antes de adentrarem as salas de realização das provas, evitando aglomerações, o que poderá ser feito com o apoio da Guarda Municipal; em cada entrada do local de realização das provas, devem ter, pelo menos, dois fiscais com termômetro infravermelho para aferição da temperatura; ambientes e superfícies em geral existentes nos locais de aplicação de prova deverão ser higienizados antes da entrada dos colaboradores e candidatos, como também ao término da realização da prova.

Nos locais de prova os bebedouros serão interditados e com isso cada candidato deverá portar garrafas no dia da aplicação da prova. Já, a saída do candidato da sala de aplicação de prova para a utilização do banheiro será solicitada ao fiscal de sala, o qual fará o seu acompanhamento ao local, observada a restrição de uso de uma pessoa por vez.

Etiqueta respiratória

Todos os candidatos devem ser orientados no sentido de que, em caso de tosse ou espirro, deverão os mesmos usar a “etiqueta respiratória”, que compreende a utilização do antebraço para proteção das vias respiratórias nos momentos de espirro ou tosse, evitando fazê-los com a utilização das mãos. No presente caso, os candidatos não deverão retirar a máscara sob hipótese alguma, podendo realizar a sua substituição uma vez cessada(o) a tosse ou o espirro. No presente caso, o candidato deve ser colocado em sala separada com ventilação natural, para candidatos com síndrome gripal.

O uso de banheiros pelos candidatos terá rígido processo de controle para evitar o uso simultâneo. Nos banheiros dos locais de prova, devem ser disponibilizados água, sabão e papel toalha para a devida higienização das mãos dos participantes durante todo o certame. Os funcionários responsáveis pela higienização dos banheiros, deverão fazer uso dos seguintes equipamentos de proteção individual durante a operação da atividade: máscara facial; luvas de látex, vinil ou nitrílica; avental frontal impermeável e sapato impermeável com solado antiderrapante.