Uso de máscaras de proteção reduz risco de contágio para 1,5%, diz Cláudia Gomes

24/04/2020 - Marcelo Raulino

A vereadora recomenda que ao sair de casa as pessoas devam utilizar a máscara como medida de proteção para si e para os outros.

O uso de máscaras caseiras ou industriais pode reduzir percentual de risco de contágio pelo Coronavírus para 1,5%. O alerta é da vereadora Cláudia Gomes (DEM), que é fisioterapeuta, participa da Frente Parlamentar sobre o Enfrentamento do Coronavírus da Câmara Municipal de Fortaleza e fiscaliza as ações de saúde da Prefeitura da Capital. A utilização de máscaras foi recomendada pelo decreto número 33544, de 19 de abril passado, do Governo do Estado. O documento recomenda o uso de máscaras de proteção, industriais ou caseiras, por quem, durante a pandemia, precisar sair de suas residências, principalmente quando estiverem em espaço e locais públicos, dentro de transporte coletivo ou em estabelecimentos em funcionamento.

Foto: Mateus Dantas

“Como profissional de saúde venho falar da importância da utilização da máscara, sempre que sair de casa. Muitas pessoas que estão com coronavírus estão assintomáticas, isto quer dizer que, essa pessoa mesmo que não esteja sentido nada, pode ainda sim transmitir a doença,” enfatiza a parlamentar. Segundo ela, saindo de casa sem usar máscara o assintomático tem uma chance muito grande, cerca de 70%, de contaminar outra pessoa, mesmo que esteja utilizando máscara.

Cláudia Gomes ressalta que se todos utilizarem máscaras ao sair às ruas, seja no transporte urbano, ao adentrar farmácias, supermercados, feiras e comércio em geral, estará auxiliando a reduzir a possibilidade de ser contagiado. “Por isso amigos, aconselho que todos só saiam de suas residências utilizando máscaras, pois a prevenção é sempre o melhor remédio. Devemos usar máscara para nos proteger, proteger nossas famílias e nossos amigos. Conto com todos vocês no atendimento desse meu pedido”, concluiu.

Confira o vídeo enviado pela vereadora Cláudia Gomes

Distribuição gratuita

Entrega de cestas básicas e máscaras pela prefeitura de Fortaleza aos alunos das escolas municipais
Foto: Érika Fonseca

A Prefeitura de Fortaleza está realizando a distribuição de máscaras caseiras de forma gratuita, fruto do trabalho de 1.670 costureiras aprovadas no edital lançado pela gestão. A iniciativa possibilitou a movimentação de renda nos bairros e foi feita em parceria com o Senai, Guararapes e a Universidade de Fortaleza (Unifor). A entrega está acontecendo em terminais de ônibus, escolas, supermercados, bancos e lotéricas, além de contemplar diretamente algumas categorias profissionais.

Foto: Mateus Dantas