O vereador foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, na manhã desta quinta-feira, 8, para pedir ao órgão competente (Tribunal de Justiça do Estado do Ceará) que viabilize a implantação de um Cartório de Notas no bairro do Conjunto Ceará.

Pedro relatou que a demanda foi trazida por moradores e que os mesmos já fizeram um abaixo-assinado solicitando o cartório. O parlamentar justificou o pedido, evidenciando que os moradores do Conjunto Ceará precisam ir até a Jurema, bairro de Caucaia, para autenticar um simples documento.

O Conjunto Ceará possui uma população de quase 50.000 (cinquenta mil) habitantes e é um dos bairros mais densos e populosos de toda Fortaleza. Sua população é maior do que a de 141 dos 184 municípios cearenses.

Reajuste salarial do STF

Pedro ainda lamentou a decisão do Senado que aprovou, no início da noite desta quarta-feira (7), um reajuste de 16% nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal e da procuradora-geral da República.

Para o parlamentar, o reajuste é justo, mas em um momento inoportuno e que vai ocasionar um efeito cascata. “Nos resta o veto do presidente Temer”, disse.

Foto: Érika Fonseca