O auditório do Cuca Mondubim receberá a terceira oficina presencial do projeto Infância Protegida nesta sexta-feira (29), a partir das 8h. As inscrições para o encontro ainda estão abertas e podem ser feitas gratuitamente pela internet.

Ao todo, serão quatro encontros que fazem parte do curso “Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”, uma parceria entre a Câmara Municipal de Fortaleza, a Fundação Demócrito Rocha e a Universidade Aberta do Nordeste (Uane).

O projeto tem o apoio do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará (Cedeca-CE) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Complementares ao curso na modalidade de Ensino a Distância (EAD), as oficinas não são obrigatórias para o recebimento do certificado. O objetivo é sensibilizar e capacitar multiplicadores para atuarem como agentes de prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes.

O conteúdo da oficina é ministrado pela mesma equipe que realizou o programa pedagógico do curso. Durante a atividade, haverá conteúdos teóricos que geram debates com o público, além de um estudo de caso, que poderá ser realizado à distância e enviado posteriormente para os tutores.

A série de oficinas já passou pelas unidades do Cuca no Jangurussu e na Barra do Ceará. A última oficina será realizada no Centro Cultural Belchior no próximo dia 6 de dezembro.

Infância Protegida

Lançado em outubro, o projeto Infância Protegida tem o objetivo de capacitar professores, líderes comunitários e profissionais da saúde a atuarem como agentes de prevenção e enfrentamento das diferentes formas de violência sexual cometidas contra crianças e adolescentes.

A iniciativa trata-se de um curso de extensão com 140 horas/aula, Desenvolvido na modalidade Ensino a Distância (EAD). O conteúdo, que fica disponível até janeiro de 2020, conta com videoaulas, radioaulas e fascículos veiculados nas mídias do Grupo de Comunicação O Povo, envolvendo o jornal O Povo, a rádio O Povo/CBN e a TV O Povo.

Os participantes que obtiverem nota mínima exigida receberão certificado pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). A ideia é que os conteúdos sejam propagados para todo o Estado e que a iniciativa fortaleça a campanha nacional de promoção de uma cultura de não-violência, de paz e de respeito aos direitos humanos.

Serviço
Terceira oficina presencial – Infância Protegida
Quando: Nesta sexta-feira (29), das 8h às 12h30min
Onde: Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, s/n – Mondubim)