Durante pronunciamento feito na manhã desta quinta-feira, 29, no Pequeno Expediente, o vereador Márcio Martins (PROS) repercutiu os investimentos destinados em obras estaduais e na contratação de artistas para o Réveillon de Fortaleza.

Ao criticar os custos, o vereador questionou o processo de disponibilização financeira para setores básicos da população e os gastos em diferentes projetos públicos. “Onde já se viu um Estado que tem um aquário milionário que não tem peixe? Um aeroporto no município de Aracati que não tem avião? A quem interessa essas obras gigantes e sem utilidade?”.

Ainda sobre o tema, Márcio Martins citou o trâmite de licitações, elogiando a instituição pública responsável pelo controle de bens e recursos públicos estaduais. “Parabéns ao Tribunal de Contas do Estado que mostra a sua transparência e mostra seu poder de fiscalização do dinheiro público”, finalizou.

Foto: Érika Fonseca