Ao fazer uso da Liderança do Governo, na sessão ordinária desta quarta-feira, 12, o vereador Esio Feitosa (PPL), rebateu a fala da oposição, afirmando se tratar de um problema pontual. O parlamentar ressaltou os indicadores do relatório de 2018 da Lei de Responsabilidade Educacional e reforçou o compromisso da gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) com a educação de Fortaleza.

“Obviamente nunca dissemos que está tudo perfeito e sempre reconhecemos que os problemas existem e que precisamos melhorar. Mas pela fala da oposição, é como se isso representasse o quadro da educação na nossa cidade e isso não é verdade. São problemas pontuais e o relatório de 2018 da Lei de Responsabilidade Educacional, que foi entregue à Câmara, traz vários indicadores que demonstram o esforço e compromisso da gestão em melhorar e resolver problemas históricos na rede de educação municipal”, ressaltou.

Pela oposição Sargento Reginauro cobrou maiores investimentos na área educacional do Município

Segundo Esio, dados do relatório mostram avanço nos índices de aprendizado dos alunos da rede pública de ensino. “Em 2016, tínhamos 96,1% de escolas com padrão desejável, em 2017 passamos para 98,1%. Em 2018, saltamos para 99,5% de escolas. E vou passar o relatório para vossa excelência para que possa avaliar. Nós temos ainda 104 unidades com laboratórios de informáticas, 264 com bibliotecas e salas de leitura, 149 com quadras poliesportivas, 26 unidades com laboratório de ciência e 250 com atividades curriculares complementares”, apontou. Esio ainda apontou que das 303 escolas de ensino fundamental, 34,3% contam com laboratório de informática, 87% com bibliotecas, 49,2% com quadras poliesportivas, 8,5% com laboratório de ciências e 82,5% desenvolvem atividades complementares.

Esio ainda destacou o compromisso da gestão, de até o final do mandato, construir mais 36 creches, 26 escolas em tempo integral e o Hospital da Criança.