A Câmara Municipal de Fortaleza realizou nesta segunda-feira, 13, no Plenário Fausto Arruda, a outorga da Medalha Boticário Ferreira ao economista e atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Facundo de Almeida Júnior. A homenagem, proposta pelos vereadores Antônio Henrique (PDT) e Dr. Porto (PRTB), por meio do requerimento nº 990/2019,foi aprovada pelos parlamentares por unanimidade.

Na abertura da solenidade, o presidente do Legislativo Municipal, Antônio Henrique, ressaltou a contribuição do homenageado na efetivação de projetos para a cidade, justificando a outorga da maior comenda da Casa do Povo. “O secretário Dr. Mansueto Facundo é conterrâneo nosso e que hoje tem um serviço em Brasília para todo o país, especialmente para a nossa cidade. Ele tem nos ajudado na aprovação de recursos para o desenvolvimento das administrações municipal e estadual, com a implementação de políticas públicas que a população precisa”, reconheceu o presidente.

“Dr. Mansueto Facundo vem fazendo a diferença. A política dele é para o Brasil, em favor dos brasileiros. Ele quer ajudar o Ceará e a todos os Estados que queiram está em conformidade com a Lei. E é isto que a gente precisa, de políticas que valorizem quem esteja fazendo um bom trabalho”, disse Dr. Porto também propositor da comenda.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, também presente a homenagem, evidenciou o trabalho realizado de Dr. Mansueto e seu respaldo à frente da Secretaria do Tesouro Nacional. “É um economista cearense que tem uma carreira acadêmica e profissional de muito destaque. Mais recentemente, assumiu um cargo de grande envergadura e importância para o país que é o de secretário do Tesouro Nacional. Mesmo com a mudança de governo e com a competência dele, foi reconduzido a esta missão. Atribuição que tem ajudado muito o município de Fortaleza. Quero registrar o acerto do presidente Antônio Henrique e do vereador Dr. Porto em tê-lo escolhido pela sua história pessoal, de vida acadêmica, e pelo que ele tem feito objetivamente pela cidade de Fortaleza”, ressaltou o prefeito atentando para o que ele chamou de um “vocacionado para esse tipo de responsabilidade”.

O homenageado, Dr. Mansueto Facundo, disse ser uma alegria receber a honraria em sua cidade natal. “Sinto uma alegria grande sendo cidadão de Fortaleza e tendo toda minha família do Ceará. É um prestígio ser agraciado com uma outorga tão importante para a cidade. Apesar de estar fora de Fortaleza, tenho laços muito fortes aqui e isso mostra que qualquer Fortalezense, independente de onde ele esteja, tem o dever moral de olhar para sua cidade. Aumenta mais a minha responsabilidade com o Ceará e com Fortaleza, especificamente”, ressaltou.

Ainda em seu discurso, Dr. Mansueto atentou para as políticas públicas em desenvolvimento no país, frisando que o Brasil necessita de um debate político aprofundado para que as pessoas cheguem a um consenso. “Hoje mesmo diante da seca as pessoas conseguem se alimentar, fruto de um Brasil que ao longo de 30 anos, montou uma rede de assistência para a população. O país melhorou e pode melhorar mais. Desejo que possamos ter mais debates políticos mais aprofundados”, relatou.

A solenidade contou com a presença dos vereadores Adail Júnior (PDT), Esio Feitosa (PPL), Gardel Rolin (PPL), Marília do Posto (PRP), e Paulo Martins (PRTB).

Medalha Boticário Ferreira

A Medalha Boticário Ferreira foi instituída em 1981 pela Câmara Municipal de Fortaleza para premiar o mérito cívico do cidadão que, em Fortaleza, se distingue pela notoriedade do seu saber, relevantes serviços à coletividade, dedicado à causa do município e exemplos de dedicação ao serviço público da cidade. O nome da comenda homenageia Antônio Rodrigues Ferreira, o Boticário Ferreira, político que se destacou como bom administrador quando exerceu o cargo de prefeito de Fortaleza no período de 1843 a 1859.

Galeria

Fotos: Evilázio Bezerra.