No retorno das sessões legislativas, a vereadora Larissa Gaspar (PT) pediu ao presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), que coloque em pauta a emenda 02/2019 à Lei Orgânica do Município de Fortaleza, que sugere pelo menos, dois funcionários no sistema de transporte coletivo de Fortaleza. Larissa lembrou que a emenda foi protocolada em março deste ano e assinada por 17 vereadores.

A vereadora registrou que durante o recesso parlamentar (julho) participou de um ato junto com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará (Sintro) em frente ao Paço Municipal, para chamar a atenção da Prefeitura pela forma como o Sistema de autoatendimento está sendo implantado no transporte coletivo de Fortaleza.

Segundo Larissa, uma comissão foi atendida pelo Executivo e foi entregue uma pauta de reivindicações da categoria para que a Prefeitura se manifeste e tome uma posição sobre essa situação que está acontecendo. Além disso, também foi entregue o abaixo-assinado criado pelo seu mandato com mais de 3 mil assinaturas exigindo o fim do pagamento da passagem apenas por meio de cartão.

Até o momento desse ato, a vereadora Larissa Gaspar afirma que já foram demitidos mais de 816 trabalhadores.

Saiba mais:

Larissa pede celeridade na tramitação de projeto que assegura presença do cobrador nos coletivos
Sistema de autoatendimento implantado no transporte coletivo de Fortaleza foi o tema debatido em audiência na CMFor

Foto: Kleber Gonçalves