Durante o pequeno expediente desta quarta-feira, 11, o vereador Idalmir Feitosa (PR) destacou a necessidade de uma reforma política no país e repercutiu a indicação de Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República (PGR), pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Idalmir lamentou a escolha de Augusto Aras, já que ele não participou do processo interno de escolha feito a cada dois anos pelo Ministério Público Federal, no qual é produzida uma lista com três nomes — a lista tríplice —, repassada ao presidente da República.

O vereador ainda chamou a atenção do desinteresse, por parte da população, pelos temas políticos. “Vejo com preocupação quando uma pessoa não gosta de política. O Homem que tem horror da política, tem horror dele mesmo.” pontuou. Idalmir finalizou solicitando que a Câmara Municipal de Fortaleza envie um memorial aos três poderes de Brasília, com o objetivo de dar celeridade ao processo de reforma política no Brasil.

Foto: Érika Fonseca.