Utilizando o tempo do Pequeno Expediente, o vereador Idalmir Feitosa (PR) pediu o apoio de todos os vereadores para que assinem um manifesto que seu mandato produzirá para solicitar com celeridade a Reforma Política no País.

O parlamentar ressaltou a importância dessa reforma, justificando que um dos pontos que precisa de mudança é o voto obrigatório. Idalmir se posicionou contra a obrigatoriedade e afirmou que a ação fere a cidadania. “A cidadania não pode ser maculada e não tão pouco desrespeitada como é atualmente”.