Nessa quarta-feira, 13, durante a Sessão Ordinária da CMFor, ocorreu a primeira reunião do ano da Frente Parlamentar em Defesa do Terceiro Setor. O objetivo da Frente é fazer interlocução entre as organizações sem fins lucrativos que trabalham com o poder público e o Estado.

O vereador Guilherme Sampaio (PT), presidente do colegiado, afirmou que a Frente dispõe de uma composição que procura agir de forma íntegra e preocupada com os movimentos sociais da cidade. Também são membros os vereadores Dr. Porto (PRTB), Larissa Gaspar (PPL), Michel Lins (PPS) e Iraguassu Filho (PDT).

A Frente Parlamentar, que busca o maior diálogo para o desenvolvimento das organizações da sociedade civil, contou com a participação de representantes das seguintes entidades não governamentais: Projeto Criança Feliz, Instituto Meraki, Rede Voluntariado, Ainda Existe Amor em Fortaleza, Projeto Plantando o Bem e Instituto Sinergia Social.

De acordo com Michel Lins, “as instituições chegam onde o poder público muitas vezes não alcança. Por isso é um trabalho tão importante”. Também presente na reunião, o líder do governo, Ésio Feitosa (PPL), afirmou que a presença das organizações no processo de discussão das pautas do Código da Cidade na Câmara Municipal é fundamental.

Foto: André Lima