Pelo tempo do Grande Expediente, na sessão ordinária desta quarta-feira, 9, o vereador Evaldo Lima (PCdoB) foi à tribuna em defesa da criação de um novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). De acordo com ele, o Fundo impacta diretamente 40 milhões de pessoas. “Embora a União seja a que mais arrecada tributos, é a que menos contribui com o Fundeb”, disse.

O parlamentar explicou que o objetivo é tornar o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica uma Política de Estado permanente. Justificando seu pronunciamento, Evaldo Lima baseou seu discurso em nota de apoio publicada após o Fórum de Governadores do Brasil acontecer. “Todos os governadores do Brasil, bem como o Conselho Nacional de Educação, são a favor da criação de um novo Fundeb”, afirmou.

Ao finalizar, o vereador admitiu ser essa uma grande conquista do movimento em Luta Nacional em Defesa da Educação: “se a gente consegue compactuar entre os governadores, precisamos continuar com a grande mobilização em busca de resultados”. O Fundo tem como principal objetivo promover a redistribuição dos recursos vinculados à Educação. Atende toda a Educação Básica, da creche ao Ensino Médio.

Foto: Érika Fonseca