A Câmara Municipal de Fortaleza realizará nesta quarta-feira, 15, 14h, no Auditório Ademar Arruda, uma audiência pública com o objetivo de discutir a Operação Urbana Consorciada Rachel de Queiroz, projeto de lei ordinária nº 88/2019 .

O debate proposto pela Comissão Especial que altera o Plano Diretor, tem à frente Esio Feitosa; presidente, Renan Colares; relator e os membros: Dr. Porto, Michel Lins, Benigno Júnior, John Monteiro e Sargento Reginauro. Vale ressaltar que os seis projetos de lei referentes às operações urbanas consorciadas é de autoria do Poder Executivo e já tramitam na Casa Legislativa.

De acordo com a mensagem enviada pelo Executivo, uma empresa desenvolveu estudos técnicos aprofundados que puderam analisar as demandas das diferentes áreas da cidade, culminando na identificação de seis futuras operações.

Dentre elas está a Operação Consorciada Rachel de Queiroz, que abrange parte do Parque Rachel de Queiroz na Zona Oeste da cidade e está inserida em uma região de conexão entre complexo Industrial Portuário e a Zona de Processamento e Exportação do Estado do Ceará. O território também apresenta corredores de transporte de metropolitano como Av. Mister Hull, Av. Sargento Hermínio, além de abranger a linha Oeste metroviária e suas estações.

Segundo o Relatório de Desenvolvimento da Prefeitura de Fortaleza, a OUC Rachel de Queiroz tem por finalidade promover o desenvolvimento urbano sustentável, a valorização do meio ambiente e a qualidade de vida dos atuais e futuros moradores das áreas de abrangência da Operação, preservando o patrimônio natural e paisagístico.

Calendário das audiências públicas

15/05 – Operação Urbana Consorciada Raquel de Queiroz;
22/05 – Operação Urbana Consorciada Aguanambi;
24/05 – Operação Urbana Consorciada Centro Oeste;
27/05 – Operação Urbana Consorciada Leste-Oeste;
29/05 – Operação Urbana Consorciada Maceió-Papicu;
03/06 – Operação Urbana Consorciada – Litoral Central.
As audiências citadas serão realizadas às 14:30h.

Leia mais:

Foto: Evilázio Bezerra.