A Câmara Municipal de Fortaleza concedeu, nesta terça-feira (30), a Medalha Boticário Ferreira ao advogado Kennedy Reial Linhares. A comenda foi proposta pelo requerimento 5451/2018 de autoria do então vereador Josenias Gomes (PCdoB), por iniciativa do vereador Evaldo Lima (PCdoB). A solenidade foi presidida pelo vereador Evaldo Lima, no ato representando o presidente do Poder Legislativo Municipal, vereador Antônio Henrique (PDT).

A mesa solene foi integrada pelas seguintes personalidades: Doutor Francisco José Gomes da Silva, desembargador federal, representando o Tribunal Regional do Trabalho-7ª Região; Paulo Pinho, Ouvidor-geral do Município de Fortaleza; Adolfo Viana; Secretário-executivo de Urbanismo e Meio Ambiente do município de Fortaleza e Josenias Gomes, ex-vereador e propositor do requerimento.

Em sua saudação ao homenageado e aos presentes, o vereador Evaldo Lima lembrou que a outorga ocorre na noite que precede o Dia do Trabalhador. “A Câmara presta essa merecida homenagem ao advogado Kennedy Linhares, que é um jurisfilósofo que dedica sua vida à causa dos trabalhadores. Essa é uma noite muito especial, pois homenageamos o advogado comprometido com as grandes causas do direito, exercendo seu mister com equilíbrio e destemor e também pelo exercício do magistério que exerce com paixão e sabedoria”, disse.

Evaldo frisou que a comenda foi criada por iniciativa do poeta Barros Pinho, que foi parlamentar e prefeito de Fortaleza, de saudosa memória. “Ele criou essa comenda para homenagear personalidades por seus reconhecidos méritos. E nosso homenageado bem se enquadra nesse perfil. Seu escritório é referência na cidade, e ele é reconhecido nacionalmente pelo trabalho em prol dos direitos dos advogados e dos trabalhadores”.

“Nesses tempos de escuridão de retrocessos. De uma reforma previdenciária que atinge brutalmente os trabalhadores. De uma reforma trabalhista que quebra o movimento sindical, reconhecemos um advogado que luta contra as injustiças. O Dr. Kennedy tem uma identificação profunda com a causa dos trabalhadores”, observou.

Evaldo lembrou que em 2018 partilhou seu mandato com o autor da comenda da noite, a quem considera um dos melhores quadros do seu partido, Josenias Gomes. “Durante quatro meses, Josenias, que é uma das maiores lideranças da Messejana, e do Curió, escreveu seu nome como um dos melhores vereadores de Fortaleza. Foi nesse período que ele esteve no mandato que propôs a outorga da homenagem de hoje. Cada vereador só pode entregar duas medalhas em quatro anos de mandato. Fico feliz que uma tenha sido entregue a Kennedy,” concluiu.

Em seguida, o vereador Evaldo Lima leu o juramento do advogado: “prometo exercer a advocacia com dignidade e independência, observar a ética, os deveres e prerrogativas profissionais e defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático, os direitos humanos, a justiça social, a boa aplicação das leis, a rápida administração da Justiça e o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas”. Em seguida, afirmou que por seguir esses preceitos com dignidade e firmeza, é que o advogado Kennedy Reial Linhares faz jus a merecida homenagem.

Após o recebimento da Medalha e do certificado da mesma, o advogado Kennedy Reial Linhares fez seus agradecimentos. Disse que tem acompanhado a trajetória do vereador Evaldo Lima, “ele na universidade já era um fervoroso estudante e conseguia arregimentar todos os colegas. Concluiu história, algumas disciplinas fizemos juntos e desde então temos uma boa amizade. E na vida compreendo que nada é por acaso. Hoje estão presentes pessoas que são muito caras, que gosto, não acaso. O Dr.Paulo Pinho, por exemplo, foi prefeito do município de Poranga. Sobrinho do então falecido Eufrasino Neto que me apresentou a ele. Fui advogado do município de Poranga. Hoje vejo sua luta pela comuna e na procura de aplicar as politicas públicas e fortalecer os direitos sociais”. pontuou.

Sobre o desembargador Francisco José Gomes da Silva disse que chama carinhosamente de Franzé. “O conheço desde as bancas da universidade”. E o nosso amigo, líder comunitário e agora buscando novos caminhos, Josenias Gomes. E como bem disse o vereador Evaldo, tem sua liderança no Curió e Messejana. Tenho acompanhando sua luta como amigo e advogado”, relatou.

Comentou que há mais de 25 anos, ocorreu um movimento de indignação por parte dos estudantes na Praça Celestial e alguns ou senão todos fugiram pelo mundo, sendo que alguns vieram para Fortaleza. “Alguns colegas não quiseram pegar aquela causa, que era extradição no STF, eu enfrentei. 25 anos depois recebi a comenda da Justiça Federal que muito me honrou, que foi em razão de uma luta que fiz a defesa de cidadãos do outro lado do mundo, os chineses, que queriam viver no novo país. Se fossem extraditados seria a pena de morte para eles. Mas permaneceram aqui, o que me deixou muito feliz”, detalhou.

O homenageado asseverou que a Medalha é a maior comenda da cidade, “não sei se mereço, mas estou muito emocionado e contente. Cidade onde nasci, me criei, estudei no primeiro, segundo grau e superior. Minhas raízes estão aqui. Fortaleza é uma cidade peculiar, não tem característica própria. Ela não pertence a ninguém, a nenhuma etnia, ou a um segmento social. Ela tem característica de liberdade. É pioneira em diversos atos cívicos. Somos a quinta capital do país, temos 293 anos de existência. Foram 24 gerações até eu existir, e desse total apenas um quarto é nascido em Fortaleza”, argumentou.

“Portanto, por sua posição estratégica, mais próxima da África, Europa e Estados Unidos, tem uma população enorme e formada por pessoas de outras cidades. É cosmopolita, não pode ter preconceito, nenhuma restrição a qualquer menção por etnia, religião, situação social ou econômica. Todos que chegaram aqui, judeus, libaneses, espanhóis, portugueses, os negros africanos contribuíram para a construção dessa cidade. Essa cidade é vocacionada para o futuro. Estamos em constante crescimento. Estamos ligados a todo estado do ceará e Nordeste, somos destaque no PIB, na Educação em todo Nordeste”, avaliou.

“É uma cidade querida em todo Brasil e vocacionada para as artes, educação. Fortaleza é a cidade embelezada pelas artes de Sérvulo Esmeraldo. Fortaleza é a cidade das artes, como a de José Tarcísio e tantos outros. É uma cidade alegre. Eu amo essa cidade. Portanto, Fortaleza é essa cidade com poucas gerações e está vocacionada para o futuro. Com suas várias facetas têm contribuído como exemplo para o resto do Brasil. Não posso deixar de homenagear a gestão do prefeito Roberto Cláudio, diante de suas inovações, como o Observatório de Fortaleza, com participação do terceiro setor. Já tem um projeto para 2050. É uma das cidades mais bem organizadas. Sobretudo porque politicamente tem se mostrado mais republicana do que o nosso Governo Federal”.

Ao finalizar sua fala disse que sua trajetória é simples, as comendas que recebeu foram bondades de amigos, mas garante que advocacia é sua vida. “Não por presunção, mas por consciência, digo que nasci para ser advogado. Nunca me submeti a um concurso público, porque sempre quis ser advogado. Eu exerço advocacia por gosto. Podemos ser os fortalezenses natos em menor quantidade, mas somos críticos e exigentes. Agradeço aos vereadores Evaldo Lima e Josenias Gomes pela comenda e farei tudo para ser merecedor da mesma”, concluiu

Perfil

Kennedy Reial Linhares é filho do professor Wilson Leite Linhares e da artesã Tamar Reial Linhares, ambos aposentados, e pai de Leonardo, Maria Clara e Maria Laura de Aguiar Reial Linhares. Graduado em Direito e Filosofia, com pós-graduação em Direito do Trabalho e Mestrado em Direito pela UNISC – Rio Grande do Sul

É advogado inscrito na OAB-CE com número 9335 e tem uma longa experiência profissional, mantendo um escritório de advocacia que é referência no mundo jurídico alencarino, sendo reconhecido nacionalmente por sua luta a favor das prerrogativas dos advogados. Jurisfilósofo por formação, o Dr. Kennedy Reial mantêm-se permanentemente atualizado, graças à sua participação em Eventos Jurídicos e Cursos, no Brasil e exterior.

Com mais de 26 anos de advocacia, Kennedy tem uma gama de clientes, com destaque para os do terceiro setor, como fundações, associações, sociedades, sindicatos, federações, confederações e centrais sindicatos. No seu escritório todas as ações judiciais são importantes e cada cliente é recepcionado de forma personalizada, especialmente aqueles que são patrocinadores de causas relacionadas aos direitos coletivos, de resguardo a unicidade e liberdade sindical, bem como aos direitos da personalidade.

Advogado profundamente vinculado às grandes causas da Sociedade recebeu, entre outras honrarias, o troféu “Mérito da Advocacia Raymundo Faoro”, concedido pelo Conselho Federal da OAB, a V Comenda Miguel de Cervantes, que lhe foi outorgada por ocasião do XII Encontro Internacional de Juristas, na Universidade de Granada e o título de Amigo do Judiciário Federal Cearense, pelo respeito e zelo que sempre manteve com o Poder Judiciário. Foi ainda homenageado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região que lhe condecorou, no grau de Oficial da Ordem Alencarina do Mérito Judiciário do Trabalho, pelos serviços prestados em prol da Justiça do Trabalho da Cultura, da Ciência e da Sociedade.

Na condição de conselheiro federal da OAB, de conselheiro titular do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-CE, de membro da Comissão de Anistia Wanda Sidou do estado do Ceará reconhece que a Ordem dos Advogados do Brasil, os Sindicatos e a Sociedades Civil têm papel preponderante nos avanços por novos direitos sociais e nas politicas públicas em diversas áreas. Sobre a justiça brasileira reconhece que ela é bastante atuante diante das questões mais polêmicas de nosso tempo, tendo enfrentado com dignidade todos os desafios que lhe são propostos pela sociedade civil. Considera que a advocacia é um sonho vivido diariamente, admirando na sua profissão a possibilidade efetiva na defesa dos direitos individuais e coletivos dos membros da sociedade civil, um dos guardiões da constituição federal.

Ativo participante da vida Academia, tem livros e artigos publicados em revistas especializadas e proferido palestras sobre direito e filosofia em eventos profissionais. Somam-se a participação em vários eventos jurídicos, além de bancas de avaliação de monografias, para conclusão de cursos, orientações e supervisões de trabalhos jurídicos. Como professor lecionou Direito Empresarial, Deontologia Jurídica, Direito Civil, no curso de Direito da Unifor. Lecionou, ainda, Direito Processual Civil, Direito Civil, Direito do Consumidor e Direito Constitucional na FIC, além de Direito do Trabalho, na UVA e Criminologia na Academia de Polícia Edgar Facó.

Fotos: André Lima