A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, nesta segunda-feira (20), Sessão Solene alusiva às comemorações da Semana Brasileira de Enfermagem. A solenidade foi proposta através do requerimento 448/2019, de autoria do vereador Márcio Cruz (PSD), aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa. Segundo o autor da homenagem, a enfermagem é uma importante profissão do campo da saúde, e representa hoje uma das funções mais requisitadas na saúde pública e privada, portanto merecendo o reconhecimento da Casa do Povo.

A sessão foi presidida pelo vereador Márcio Cruz, no ato representando o presidente da Câmara, vereador Antônio Henrique. A mesa solene foi composta por Arilene Carvalho, gerente do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), representando a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa); Aretuza Gouveia, enfermeira representando Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza; Ana Paula Brandão, presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-Ceará); Marta Brandão, Sindisaude-CE; Rejane Lúcia Alves Maia, representando a Maternidade Escola Assis Chateaubriand e Kelly Benevides, presidente da Associação dos Enfermeiros do Ceará.

Em sua saudação aos presentes, Márcio Cruz disse que a enfermagem está em festa. “Hoje 11 profissionais serão homenageados, representando a categoria que se dedica a saúde, a maior na área de saúde no Ceará. O mês de maio é de luta e de resgate de pautas que fazem parte da luta, sobretudo por visibilidade, por justiça. Fomos procurados por representantes da enfermagem e apresentamos alguns projetos, como a comenda Ana Neri; direito a folgas e a emenda 29, ao projeto do Executivo que garantiu 15 vagas para enfermeiros no concurso do CAP’s, com 20 horas semanais. Apresentamos, ainda, o projeto de indicação para contratação de técnicos de enfermagem. Já neste ano, apresentamos o projeto que torna obrigatória a contratação de enfermeiros em farmácias que aplicam vacinações”.

Ele destacou o protagonismo da luta pela categoria do Conselho Regional de Enfermagem do Ceará. Que segundo ele, realiza um trabalho de aproximação, inovação com cursos, debates com a categoria. “Há um longo caminho a ser seguido, mas a categoria não teme desafios. Para ser justo, já que essa homenagem foi feita com o Conselho, quero dividir meu discurso com a presidente do Coren, enfermeira Ana Paula”, disse.

A presidente do Conselho, Ana Paula Brandão ressaltou em sua fala ser uma honra homenagear profissionais que tanto se dedicam a cuidar do próximo. “Temos uma grata satisfação de dizer que cada um de vocês foi eleito democraticamente. Abrimos a votação para que os colegas pudessem indicar os homenageados de hoje.”, disse a presidente do Coren.

Em seguida, foi apresentado um vídeo contando a história de Amanda, um bebê que nasceu prematuro e após dias na UTI Neonatal reagiu ao ser colocada no colo da mãe. Logo após, foram feitas homenagens, com entrega de placas e certificados, aos seguintes profissionais: Jaílton Luz Pereira do Nascimento, que atua na internação de Obstetrícia do HGF, que recebe a comenda Gente Que Ama a Enfermagem, na Categoria Enfermeiro da Assistência; Ana Lúcia Miranda, técnica em enfermagem do IJF, diretora do Sindifort e da Associação Servidores IJF, que recebe a comenda na Categoria Organização Sindical e de Técnicos de Enfermagem; Espirito Santo Telma Cordeiro, é pós graduada e emergência atua enfermagem no Hospital São José e na Santa Casa, presidente do Sindicato das Enfermeiras, recebeu a premiação na Categoria de Profissional de Organização Sindical de Enfermeiros.

E ainda: Isabel Cristina da Silva Lima, coordenadora do Instituto Compartilha Semiárido, que capacita 294 enfermeiros e técnicos em todo Estado, recebe a comenda na Categoria Profissional de Associação de Enfermagem; Leonardo Saboia Paz, mestre em ensino de Saúde pela Uece e atua como docente do Centec, recebe a comenda na Categoria Enfermeiro da Área Acadêmica; Maria Vilani de Matos Sena, mestranda em Saúde da Família UFC, atualmente trabalha na Célula de Vigilância Epidemiológica da Fortaleza, premiada pela Categoria Enfermeiro Responsável Técnico; Aurineide Sousa Baia, é auxiliar de enfermagem com larga experiência Walter Cantídio e José Frota, laureada na Categoria Auxiliar de Enfermagem.

Outros homenageados foram: Simone Maria Ancelmo Parente, sempre dedicada aos estudos técnicos, é técnica na atuação da estratégia de saúde, na Categoria Técnico de Enfermagem; Alessandra Luíza do Nascimento Celedônio, especialização em clínica, atuou como enfermeira e vereadora em Senador Pompeu, recebe a homenagem na Categoria Enfermeiro com atuação Politica; Ana Maria de Albuquerque Brito, auxiliar de enfermagem na Prefeitura de Barroquinha onde exerceu as funções por 30 anos, com grande reconhecimento da população, recebe na categoria profissional remida; Fabíola Nunes de Sá, mestranda em saúde da mulher e da criança UFC enfermeira líder da equipe da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, categoria personalidade da enfermagem.

Em nome dos homenageados falou Fabíola Nunes de Sá: “Com imensa satisfação represento todos os homenageados e os profissionais principalmente da Maternidade Escola. Quero agradecer o Conselho por essa homenagem que representa reconhecimento e motivação, pois sempre buscamos fazer o melhor. O segredo é ser feliz no seu trabalho, é amar o que faz. A comenda Gente que Faz é dedicada a quem cuida de alguém que nunca viu e mesmo assim fazer o seu melhor. Lembro daquele dia que tivemos a ideia de colocar o bebê no colo da mãe. A ideia foi minha, mas para executá-la foi preciso um trabalho de equipe e de toda unidade neonatal da Maternidade-Escola. Até aquele diz, os esforços técnicos e científicos já tinham sido realizados, mas ela não evoluía e seguia inerte na UTI, só com o movimento de abrir e fechar os olhos. Ai veio a surpresa, ela reagiu, ela chorou. O amor fez ela reagir. Foi um gesto simples, mas de um valor imensurável para aquele mãe e aquele bebê. São momentos como esse que mostram quanto nossa profissão é importante”, concluiu.

Outra homenageada Isabel Cristina da Silva Lima, coordenadora do Instituto Compartilha Semiárido, também se pronunciou. “Estou muito emocionada por ter sido homenageada por uma comenda dedicada à enfermagem. Quero ser grato por mim e por meus colegas pela comenda, por dar visibilidade a nossa profissão. Meus agradecimentos ao Coren. Saber que os nossos colegas nos consideram profissionais importantes, nos deixa muito felizes, pois nos mostra o quanto a nossa dedicação é nobre. Agradeço a Câmara por dar visibilidade a essa sublime missão da enfermagem. Chamamos isso de bondade”. Em seguida ela agradeceu a sua família, aos profissionais da Maternidade Escola e ao Instituto Compartilha. O vereador Márcio Cruz então abriu a fala para todos os demais homenageados.

A Semana

A Semana Brasileira de Enfermagem, celebrada anualmente pela Associação Brasileira de Enfermagem, foi instituída em 1940, pela Escola de Enfermagem Anna Nery, tendo como idealizadora a sua então Diretora, Laís Netto dos Reys. O início da semana se dá em 12 de maio para celebrar o nascimento de Florence Nightingale, em 1820, e o término em 20 de maio, para rememorar o falecimento de Anna Nery, em 1880.

No dia 12 de maio, comemora-se o Dia Internacional da Enfermeira. No Brasil, o dia foi instituído em 1938, pelo Presidente Getúlio Vargas. Em 12 de maio de 1960, o Presidente Juscelino Kubitschek assinou o Decreto 48.202, oficializando a “Semana da Enfermagem”.

Neste ano de 2019, será realizada a 80ª Semana Brasileira de Enfermagem (SBEn) promovida pela Associação Brasileira de Enfermagem Nacional, suas Seções, Regionais e Núcleos. O tema central será “Os desafios da Enfermagem para uma prática com equidade”, conforme aprovado na 79ª Reunião do Conselho Nacional da ABEn (79ª CONABEN) realizado em 10 e 11 de novembro de 2018, em Curitiba (PR).

O tema central da 80ª SBEn surgiu como estratégia para articular e preparar o conteúdo que será desenvolvido durante o 71º Congresso Brasileiro de Enfermagem, 12ª Jornada Brasileira de Enfermagem Gerontológica e 5º Seminário Internacional sobre o Trabalho de Enfermagem, a realizar-se em Manaus, de 11 a 14 de novembro deste ano, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, sob o tema “A Enfermagem e os sentidos da equidade”.

Fotos: André Lima